sexta-feira, 5 de setembro de 2008

PEDAÇOS DE MIM.

Eu sou feito de
Sonhos interrompidos
detalhes despercebidos
amores mal resolvidos

Sou feito de
Choros sem ter razão
pessoas no coração
atos por impulsão

Sinto falta de
Lugares que não conheci
experiências que não vivi
momentos que já esqueci

Eu sou
Amor e carinho constante
distraída até o bastante
não paro por instante.


Tive noites mal dormidas
perdi pessoas muito queridas
cumpri coisas não-prometidas

Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar
pensei em fugir, para não enfrentar
sorri para não chorar

Eu sinto pelas
Coisas que não mudei
amizades que não cultivei
aqueles que eu julguei
coisas que eu falei

Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo
lembranças que fui esquecendo
amigos que acabei perdendo
Mas continuo vivendo e aprendendo.


(Martha Medeiros)

17 comentários:

Luciene de Morais disse...

Ai a Vida...
Descreves a realidade de todos nós...
beijo
Lu

Claudia Goulart disse...

Somos feitos do melhor e do pior.
A nós cabe escolher qual a quantidade de cada.
bjs

Carol disse...

"eu sinto pelas coisas que não mudei"

me identifiquei com essa frase...

Bjos,
Bom fim de semana!

Lucí disse...

"Sou feito de
Choros sem ter razão
pessoas no coração
atos por impulsão"


Essa sou eu, foi um dos textos que mais gostei desde que comecei a entrar aqui, até copiei para guardar, descreve muito bem toda pessoa "humana"...

Beijoooo, tenha um ótimo final de semana!

mOnI disse...

adoro matha medeiros... ótimo findi pra vc... beijos

Monique Lôbo disse...

Oi Ana,desculpa pelo sumiço,mas tive problemas com minha net,esses dias.Quanto post eu perdi,mas li todos,adoraveis textos esses seus!!!Quanta falta senti de vir aqui e ler coisas lindas!!
Bjuss

Jac C. disse...

Oi, acredito que tenha chegado até mim através do Zé Carlos, né?
Seja bem-vinda ao "Asas dos Sentimentos" meus.
Posso te dar uma sugestão?
Ativa sua janela pop-out.
Ela ajuda a gente a interagir com o blog lendo e comentando.
Eu gosto!
Mas é só uma sugestão.
Bjs

bete pereira da silva disse...

Aninha, vim aqui me desculpar por não estar comentando nos blogs amigos, eu só tenho acesso precário no meu trabalho, e em casa, o micro é do meu filho. Mas tenho sempre lido você, e me encantado com o capricho de suas atualizações.

Pelos caminhos da vida. disse...

Oi pessoal aqui é a Ana dona desse blog, não sei o que aconteceu com meus comentários que não estão aparecendo no final dessa postagem,"Pedaços de Mim",o que fiquei sabendo é que tentaram roubar meu blog,qualquer transtorno,vcs me aguardem.
Obrigada pela atenção de vcs amigos.

beijooo.

Nanda Assis disse...

vc tem o dom de me emocionar de verdade. adoro seus post's. este eu achei super parecido comigo.
bjosss...

Lu@ em Poesia disse...

Oi querida....somos assim...em pedaços que nos fazem sempre um pouco mais completas!! (ou...menos imperfeitas né?..*r*)
Beijossss...um ótimo fim de semana para vc!!

impulsos disse...

Um poema de introspecção muito profundo mesmo!
Tem passagens em que me revejo completamente...
Muito belo!

Beijo

PS. Muito obrigado pelo carinho com que me presenteou no meu humilda cantinho

Dois Rios disse...

Acho que a Martha roubou esses versos de mim, rss...

Tal qual eu sou.

Beijo,
Inês

Mello disse...

Olá Ana,

Este poema é lindíssimo...

Retrata bem a minha vida nos últimos anos, os sonhos que ficaram interrompidos, os choros da partida, os amigos do outro lado do mar... as amizades que se tornaram pesadas demais para carregar...

Entre muitas coisas...

Vou voltar para relê-lo...

Beijinhos,

Graça Mello

LOURO disse...

Olá Cara Amiga, um poema de rara beleza, fiquei encantado... Um beijo,
Lourenço

Jardineiro de Plantão disse...

Me revi um pouco...

Bom fim de semana
Abraço

neo-orkuteiro disse...

Pelos Caminhos da Vida, só tive prazer em ler estes versos que você apresenta aqui. Neles, um certo requinte de elaboração, um tom quase casual de dizer coisas de tamanha profundidade. Valeu. Gostei, mesmo.