terça-feira, 2 de setembro de 2008

BOTÕES DE ROSA.

Colham botões de rosas enquanto podem,
O velho Tempo continua voando:
E essa mesma flor que hoje lhes sorri,
Amanhã estará expirando.

O glorioso sol, lume do céu,
Quanto mais alto eleva-se a brilhar,
Mais cedo encerrará sua jornada,
E mais perto estara de se apagar.

Melhor idade não há que a primeira,
Quando a juventude e o sangue pulsam quentes;
Mas quando passa, piores são os tempos
Que se sucedem e se arrastam inclementes.

Por isso, sem recato, usem o tempo,
E enquanto podem, vivam a festejar,
Pois depois de haver perdido os áureos anos,
Terão o tempo inteiro para repousar.

(Robert Herrick)

26 comentários:

JOICE WORM disse...

Bom dia! Primeira vista.
Belíssima colecção de poesias...
Obrigada por sua visita, também.
Beijos.

Eliane Alcântara. disse...

Um belo espaço digno de aplausos
pelo bom gosto. Parabéns!
Obrigada pela visita e seja
bem-vinda! Beijos!

disse...

oi ana!
lindo poema!
mas também não há aqui nenhum poema que não seja maravilhoso!
Continua assim!
e continua a visitar os meus blogues!
um bom dia para vc!

Lúcia Machado disse...

Obrigada...

Que seja a primeira de mts visitas :)

Claudia Goulart disse...

É o tempo é impiedoso, se não aproveitarmos da melhor forma pssível, vamos ficar na saudade.
Lindo poema.
bjs

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga, lindo poema como as rosas, só que elas têm um ciclo e os teus poemas não...
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

FLOR disse...

BOA TARDE!
Algumas pessoas nos encantam
sem pedir a menor permissão.
Invadem nosso mundo e nossos corações.
São pessoas que realmente tornam
A vida mais bela... assim como VOCÊ!

Tem post novo tá bom?

Beijos e uma linda tarde para vc!




Gisa

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

As rosas e seus delicados botões, poemas vivos!
O seu nos traz até o perfume!
Afetuosa tarde, querida!

vimaguin disse...

...o milagre da vida não pode ser desperdiçado sem que saibamos vivê-la! amei seu espaço, e voltarei mais vezes, tenha certeza...muahhhhh

Dois Rios disse...

De fato o tempo é deveras implacável. Bobos são aqueles que não sabem festejá-lo.

Beijo,
Inês

Jardineiro de Plantão disse...

Lamentavelmente o tempo não volta... Não é por se mexer nos ponteiros do relógio... que voltamos a ter o tempo passado.

Abraços

Lucí disse...

Humm.. o tempo é cruel..por isso dizem.. carpe diem.. nao deixe pra fazer amanha o que vc pode fazer hj.. e assim por diante..

Bjooooo

mOnI disse...

concordo plenamente! beijosss

Mello disse...

Olá!

Lindo poema!

Beijinhos,

Graça Mello

Vanessa. disse...

Gosto imenso das palavrinhas.

No Limite da Razão disse...

Oi amiga de blog...cá estou eu, atrasado e te devendo essa visita.

Seu poema tem razão.....e eu tento seguir a risca , aproveitar enquanto a juventude me sorri.

espero que esteja bem com vc e com sua familia.

beijaum

passe la no blog.

Martinha disse...

Esse poema fez-me pensar que a nossa vida, tudo o que há para fazer, pensar ou dizer é hoje. O tempo é muito incerto e amanhã pode ser tarde de mais.

"Melhor idade não há que a primeira,
Quando a juventude e o sangue pulsam quentes;"
Concordo. É na primeira idade que todas as primeiras sensações e emoções surgem à flor da pele.

Beijo *

Multiolhares disse...

Tudo tem o seu tempo, como as rosas
são sementes, caule ,folhas, um botão que se abre follas que murcham e o tempo que termina.
beijinhos

osátiro disse...

Rezemos pelos Católicos da Índia perseguidos e assassinados:

http://www.zenit.org/article-19338?l=portuguese

Liquificadorizando disse...

Para que parar e descansar no melhor da festa? Vamos aproveitar a Vida!


Parabéns pelo blog!

Alexandra Periard
(Atriz e Escritora)

Cadinho RoCo disse...

O tempo está aí ao nosso dispor e com o passar dele é que percebemos que deixa-lo ir por ir é perde-lo de maneira irremediável.
Cadinho RoCo

Maria Dias disse...

Olá...

Vim retribuir a sua visita e convida-la para um brinde especial no meu Avesso!Espero vc lá!

P.s.Voltarei com mais calma para ler-te!

Abraços

Maria

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Oi, amiga!
Fiquei ontem sem conexão, mas queria confirmar um pensamento que você nos deixou:
Há "amigos virtuais" excelentes, sim!
Um dia de Paz!Bjs

vimaguin disse...

...disse-lhe que voltaria, e cá estou novamente para desejar-lhe uma linda tarde de muita inspiração...muahhhhhhh, linda!

Luciano disse...

Gostei muito do seu blog.
To passando pra te convidar a visitar o meu, e se gostar, será sempre bom receber vc por lá.
Ah, se não for pedir demais e se quiser me linkar em seu blog, vou gostar. Fica a seu critério.
Abraços
Luciano
PAPIROS DE ALEXANDRIA
http://papiros.zip.net

Dih disse...

Ola,
Bela poesia como sempre.
Boa quinta feira.
Abraços