quinta-feira, 8 de julho de 2010

A FORÇA DOS NOSSOS PÉS.

Desde o dia em que tu nasceste,
eu criei a ilusão, dentro de mim,
que poderia caminhar por ti.

Imaginei que colocaria teus pés
sobre os meus e te levaria pelos
caminhos que eu julgasse mais
tranquilos e seguros.

Dessa maneira, tu nunca feririas
teus pés pisando em espinhos ou
em cacos de vidro e jamais se
cansaria da caminhada, nem
mesmo precisarias decidir qual
estrada tomar.

Isso seria eternamente minha
responsabilidade.

... e foi assim durante um bom
tempo, caminhei para ti.

De repente, o tempo veio me
avisar bruscamente que essa
deliciosa tarefa não faria mais
parte dos meus dias.

Teus pés cresceram e eu já não
conseguia mais equilibrá-los em
cima dos meus, daí quando eu
menos esperava eles escorregaram
e alcançaram o solo.

Hoje sou obrigada a vê-los trilhar
caminhos nos quais os meus jamais
os levariam e ainda tento detê-los
insistentemente, mas só raríssimas
vezes consigo.

Agora só me é permitido correr
com os meus junto aos teus e em
certos momentos teus passos são
tão largos que quase não posso
acompanhá-los.

Atualmente, assisto aos teus
tropeços sempre pronta para
levantar-te das tuas quedas.

Por vezes, tu me estendes as
tuas mãos em busca de socorro,
outras, mesmo estando esticado
ao chão e ferido, insistes em
levantar-te sozinho por puro
orgulho ou para me provar que
já és capaz de erguer-te ápos
teus tombos e curar-te de
tuas próprias feridas.

Assim vamos vivendo e sinto
uma saudade imensurável
daquele tempo em que precisavas
de mim para conduzi-la, pois era
bem mais fácil suportar teu peso
sobre meus pés, do que sobre
meu coração.

No entanto, já consigo compreender
como a vida é sábia.

Percebo, finalmente, que em algum
momento tu precisaste mesmo
desbravar teus caminhos
independente de mim...

... como eu, é provável que tenhas
de fazê-lo com mais alguns pés
sobre os teus, as dos teus filhos.

Não, claro que não é uma tarefa
fácil, mas se eu consegui, tu
também conseguirás porque
plantei em teu coração o melhor
e mais poderoso aditivo para
que suportes tanto peso, a amor!


(desconheço autoria).

Obs: caso alguém souber quem é o
autor(a), desse texto avise-me para
que possa dar os devidos créditos.


OS BLOGS INDICADOS DE HOJE SÃO:


http://silenciodosmeussonhos.blogspot.com/ (Santa Cruz).


http://annelieri.blogspot.com/ (Anne Lieri).



Você dorme bem? Não!


Confira umas dicas para dormir bem nesse
espaço aqui:


http://meninaspoderosasdoblog.blogspot.com/


OBRIGADA ANNE LIERI PELA HOMENAGEM E
PELO SELINHO QUE VC ME PRESENTEOU.
O SELINHO JÁ ESTÁ POSTADO NO
CANTINHO DAS ROSAS.

38 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Com o tempo passamos a caminhar com os nossos próprios pés, passamos a viver nossas próprias experiências e começamos a crescer como seres humanos.
Beijos

Chica disse...

Eles são poderosos mesmo e precisamos muiiito deles...beijos,chica

Priscila Lima disse...

a força e a vontade de dançar no mesmo passo!
lindo!

Nathália (Ná) disse...

Ana, adorei o texto, em certos trechos me emocionei e lembrei quando eu andava em cima dos pés do meu pai, hoje em dia ele diz que não aguenta mais levar a caçula dele, que passou o tempo e agora tenho que andar sobre os meus próprios pés,hoje quem anda em cima dospés do Seo Antonio é a minha Bella. Poxa esse texto mexeu muito comigo. Adorei.

Mari disse...

Lindo demais este texto Ana!
Obrigada pelo presente de final de tarde!
Beijos

lucidreira disse...

A vida é trilhada em caminhos, incertos e tortuosos, mas, com o dom que Deus nos deu fazemos sempre o caminho que achamos certo, cminhando com os nossos próprios pés. E depois galgar o topo e o auge das experiencias vividas.
Bjos e abraço

Manuela Freitas disse...

Gosto sempre de vir cá ler o que escreves, são assuntos que têm substância!
A fotografia está muito interessante, é bom dançar assim, é bom principalmente estar um boa «sintonia».
Beijinhos,
Manú

cantinho she disse...

Que coisa linda de post, pra variar, né Lindona?!?!
Beijo, beijo!

Poeta del Cielo disse...

a vida e un eterno caminhar... que nele vamos sempre.... mais tamben como a gente deixa huellas nele a nosso andar .... a gente tamben faz un caminho para aqueles que a gente ama sigan o nosso caminho deixado popr nois.... e un aprendizado que agente pasa y a gente deixa para aqueles q nos siguen no andar y andar,,,,,

beijos
abracos
muito bom final de semana

tossan disse...

É a força do amor...Bonito texto seja lá de quem for. Beijo

Fatima disse...

Sempre nos presenteando com textos tão lindos e intensos.
Não durmo bem e nem nunca dormi, vou lá ver as dicas.
bjs.

Isa disse...

Como me comovi!
Eu andava assim,com o meu Pai.
Os meus Filhos tb. faziam isso...
Lembranças boas!
Beijo.
isa.

Mauro S disse...

Que lindo texto, minha amiga, é a nossa história com nossos pais, o amor e o carinho deles para com a gente.
Muito lindo, belos posts aqui, sempre, beijos, Mauro

Bleeding_Angel disse...

Existe uma musik do Pink Floyd chamada Mother em q finaliza assim: Vc sempre sera um bb para mim".
As vzs tenho essa impressaum, q as maes veem a gnt sempre como bbs, rs. E as vzs sentem-se culpadas por coisas q o mundo nos faz, nos fere, como se fosse possivel evitar!
Bjos Ana, te adoro mto minha amiga.

gabyshiffer disse...

Lindo texto amiga
e a mais pura verdade
Boa noite pra vc
Beijos na alma!

Isa mar disse...

Emocionate! E assim é a vida!
Beijos em teu coração!

*Mi§§ §impatia* disse...

Muito bom esse texto, não conhecia.
Ah por amor e com amor somos capazes de tudo nessa vida...
Beijos.

*Teresa Cristina* disse...

Lindo texto!!
E vc com sua sensibilidade incrivel colocou uma imagem que além de casar muito bem com o texto, me fez lembrar a infancia, quando meu pai nos dias de frio dançava cmg e minha irmã na sala éramos pequenas e disputávamos a sua atenção....
Muita paz pra ti.
Bjs

Sonhadora disse...

Minha querida
Lindo como sempre, viver é aprender a caminhar.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Isadora disse...

Ana sempre queremos caminhar pelos nosso, afim de que eles não caiam ou se machuquem, mas a vida é sábia e nos mostra que essa não é a melhor maneira de ajudá-los a conduzir o caminhar.
Um beijinho

RETIRO do ÉDEN disse...

Pois é...assim se passa com todos os que são pais ou protectores de alguém.
Lindo, esta escolha esta muito bela.
É uma verdade nua e crua...e custa muito mais o peso no coração que sobre os nossos pés.
Bjs. e forte abraço, muito forte mesmo.
Mer

Everson Russo disse...

A vida é um eterno aprendizado,,,e o que buscamos é caminhar com os proprios pés...beijos de bom final de semana.

Maria disse...

Querida amiga, tentamos proteger os nosso meninos o máximo de tempo que podemos, mas eles vão crescendo e um dia seguem a sua caminhada já sem o nosso apoio. Levam com eles o nosso carinho, amor e os nossos ensinamentos para os ajudar a seguir a estrada da vida.
Tenha um excelente fim de semana.
bjs do tamanho do infinito
Maria

Martinha disse...

Costuma-se dizer que para a frente é o caminho... e os nossos pés são os que nos levam a diante! :)
Beijo *

sonho disse...

É a lei da vida...um dia todos teem que caminhar pelos seus proprios pés...e escolher os seu caminho...
Bom fim de semana
Beijo d'anjo

Santa Cruz disse...

Ana Minha amiga; Os nossos pes teem muita força, sempre que caminhamos pelos nossos pés vamos conhecer novas experiencias e começamos a crescer para a vida para nos tarnar independentes.
Um beijo
Santa Cruz

Ane disse...

Oi Ana!Este texto é muito bonito.Que bom voltar aqui...

Sandra disse...

OBRIGADA PELO SEU CARINHO.
RETRIBUO A SUA VISITA.
TEM UM CHOCOLATE COM FLORES EM MEUS MIMOS, http://sandraandrade7.blogspot.com

PASSE POR LÁ.
PARA VOCÊ!!!

AMIZADE

Não se poderia conceber a amizade se ela não fosse presidida pelo ternário simpatia-confiança-respeito, indispensável para nutrir o sentir que a constitui.

É pelo signo da amizade que se unem os homens, os povos e as raças, e é sob seus auspícios que há de haver paz na Terra.
Da Sabedoria Logosófica.

Carinhosamente,
Sandra

Sandra disse...

As forças estam em nossos pés.
Eles são a nossa base. Precisamos deles para tudo.
Um grande abraço,amada, amiga.
Carinhosamente,
sandra

Lua Nova disse...

De chorar... quem é mãe sabe... quem é filho talvez não... quem já é os dois, agora entende os pais.
Muito lindo.
Beijos, querida.

Amor feito Poesia disse...

"Que abrem rasgões de luar...
"Fonte, fonte, não me leves,
"Não me leves para o mar!..."
As correntezas da vida
E os restos do meu amor
Resvalam numa descida
Como a da fonte e da flor...


Bom FDS...Beijos perfumados!! M@ria

Anita disse...

Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra da nossa existência as mais diversas formas de sementes.

Bom fim de semana amiga.
Beijinhos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

REGGINA MOON disse...

Linda demais a sua postagem...me deu muitas saudades de meu saudoso pai, com quem costumava andar como na sua ilustração na infância...
Caminhar com nossos próprios pés, seguir nossos caminhos...isso traz satisfação, mas muitas saudades de ter alguém a um passo atras de nós...

Um beijo!!!!

òtimo final de semana!!!

Reggina Moon

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

Obrigada minha amiga querida pela indicação do meu blog no dia 6.
Eu estava em viagem e estou chegando hoje.Agradeço-te de coração....Amo seu blog e adoro voce........Beijossssssssssss

Valéria Sorohan disse...

Nossos pais são nossa base, são nossos pés para caminharmos firme pela vida a fora.
Estou de casa nova e espero sua visita, você me encontra agora no Rasuras

BeijooO* te aguardo!

legalmente loira... disse...

ana querida,
esta força vem de tantas lindas recordações.
eu fiz muito isto com meu pai e meus filhos e a gente dançava lindamente com tanta ternura.

bjos com carinho..

Anne Lieri disse...

Aninha,primeiro obrigada por indicar meu blog aqui nos seus lindos caminhos!Fico honrada!Esse texto combinou demais comigo,que tenho uma filha adolescente e os pes dela realmente já não cabem em cima dos meus e,se coubessem,ela iria querer andar com seus proprios pés!Linda essa msg!Bjs,

La Mia Vita disse...

Lindo, me fez lembrar que meu filhote já não esta mais em cima de meus pés. E isso para uma mãe é doloroso até que ela se acostume. Porem é necessário, pois fizemos nosso papel até onde é permitido.
Beijo Grande