domingo, 15 de janeiro de 2012

DECLARO-ME VIVO!




Saboreio cada momento.
Antigamente me preocupava quando
os outros falavam mal de mim.

Então fazia o que os outros queriam
e a minha consciência me censurava.

Entretanto, apesar do meu esforço para
ser bem educado, alguém sempre me
difamava.

Como agradeço essas pessoas que me
ensinaram que a vida é apenas um cenário.
Desse momento em diante, atrevo-me a
ser como sou.

A árvore anciã me ensinou que somos
todos iguais. Sou guerreiro.

A minha espada é o amor,
O meu escudo é o humor,
O meu espaço é a coerência,
O meu texto é a liberdade.

Perdoem-me se a minha felicidade é
insuportável, mas não escolhi o bom
senso comum.

Prefiro a imaginação dos índios, que
tem embutida a inocência.
É possível que tenhamos que ser
apenas humanos.

Sem amor nada tem sentido,
Sem amor estamos perdidos,
Sem amor corremos de novo o risco
de estarmos caminhando de costa
para a luz.

Por esta razão é muito importante que
apenas o amor impere as nossas ações.

Anseio que descubras a mensagem por
detrás das palavras, não sou um sábio,
sou apenas um ser apaixonado pela vida.

A melhor forma de despertar é deixando
de questionar se nossas ações incomodam
aqueles que dormem ao nosso lado.

A chegada não importa, o caminho e a
meta são as mesmas coisas.

Não precisamos correr para algum lugar,
apenas dar cada passo com plena consciência.

Quando somos maiores que aquilo que fazemos,
nada pode nos desequilibrar.

Porém, quando não permitimos que as coisas
sejam maiores do que nós, o nosso desequilíbrio
está garantido.

É possível que sejamos apenas água fluindo;
o caminho terá que ser feito por nós.

Porém, não permitas que o leito escravize o
rio, ou então, em vez de um caminho, terás
um cárcere.

Amo a minha loucura que me vacina contra
a estupidez.
Amo o amor que me imuniza contra a
infelicidade que prolifera, infectando almas
e atrofiando corações.

As pessoas estão tão acostumadas com a
infelicidade, que a sensação de felicidade
lhes parece estranha.

As pessoas estão tão reprimidas, que a
ternura espontânea as incomodam, e o
amor lhes inspira desconfiança.

A vida é um cântico à beleza, uma chamada
á transparência.

Peço-lhes perdão, mas...
Declaro-me VIVO!!!


(Chamalú- índio Quechua).

Fonte da imagem;

http://www.google.com.br

27 comentários:

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

lindo texto a felicidade as vezes incomoda ,mas é maravilhoso estar feliz!!!
beijo e boa semana!

Preciosa disse...

Isso mesmo...a vida tem um valor imenso,,
Vamos vive-la sem muros, vamos vive-la sem obstáculos,,,,


Beijos, uma semana regada de muito amor para tí.
Preciosa Maria

Suziley disse...

Belo texto, Ana. Mensagem de paz, de amor. Agradeço o seu carinho. Boa noite, uma semana abençoada, bjos ;)

Vania Morais disse...

brigada lkinda seu blog
é um encanto
sucesso em 2012
bjss mil

Crista disse...

Tenho certeza absoluta que estás VIVA!!!!!
Pois quem espalha tanta ternura e amor pela vida,só pode ter uma alma maravilhosa!
Sei também que te arrepias com as baratas...ksksksksks...mas quem é que não se arrepia????
Eu engulo meu nervoso em nome do amor aos pintinhos da Zuluzinha...é uma festa, a alegria que transmitem com esse petisco horroroso!!!!
Beijo-te com muito carinho e admiração...

Palavra Doce disse...

Olá Ana! Vi seu comentário e fiquei pensando em uma resposta que fosse te deixar mais calma, tranquila, em paz.
A única que me veio em mente, foi que o Senhor dá os filhos para os pais e espera que eles cuidem, ensinem tudo da melhor maneira possível. Mas qd crescem, viram adultos, eles têm o direito de seguirem sua vida, mesmo que não seja moral, legal ou padrões que os pais esperam.
Vc mesma disse que fez tudo da melhor maneira possível. Porém a sua filha cresceu e ela sozinha escolheu isso que está vivendo. Agora, ela tem que arcar com a escolha que fez. E quem sabe ela perceba que não era tão adulta assim, que um filho agora iria atrasar outras etapas de sua própria vida, ou ela poderá chegar a outras inúmeras conclusões. Mas uma coisa ela vai aprender: a ter responsabilidade.
Fique em paz! Vc fez o que tinha que ser feito, mas sua filha escolheu seguir por outros caminhos. Nada irá apagar o que vc fez, e ela sabe muito bem disso, ainda mais agora que será mãe e saberá como é criar um filho.
Coloque seu problema nas mãos do SEnhor e Ele irá te confortar e cuidará de vcs!
Fique a vontade qd precisar desabafar!
Cacau - Blog Palavra Doce

AvoGI disse...

Mal ou bem o que interessa é que falem de mim nao importa
kis .=)
uma boa semana para ti

Ane disse...

Oi Ana!Vou ser a primeira?Que lindo texto,é isso aí!Também quero ser viva de verdade!Um beijo pra vc!

Majoli disse...

Oi Ana, sumi daqui, né?
Mas cá estou e como sempre amando as mensagens que você deixa.

Que interessante ter sido escrito por um índio, achei o máximo.

Lindo, lindo!!
Beijos com carinho.

Sonhadora disse...

Minha querida Ana

Como sempre uma mensagem linda.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Luciana Klopper disse...

To tentando reencontrar meus amigos de blog, to no trabalho, depois volto pra ler seu post, bjs!

Everson Russo disse...

Viver é entender e aceitar a vida como um milagre que jamais será repetido...beijos de boa semana pra ti amiga.

*** Cris *** disse...

Bm dia amiga! E que o amor esteja a frente de td,sempre.

Anne Lieri disse...

Aninha,sempre mensagens especiais escolhidas com carinho!Eu adorei e tb escolho a alegria de viver!Bjs e boa semana!

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Gostei mesmo muito. Se é verdade que ha dor, que custa a vida, também é lugar que ha sol, que ha alegria e que devemos lutar pela felicidade. Mesmo com dor.

Obrigado, amiga.

beijinho imenso

She disse...

Minha Linda, obrigada pelo comentário, mas não aceitei, achei pessoal demais, e não quero que possíveis leitores ao ler o seu desabafo em meu Cantinho, possam se achar no direito de se meter numa história tão pessoal e tão difícil... Por respeito ao momento de vcs, e por respeito a vcs, eu li, mas não aprovei! ;)
Beijo, beijo e carinhos! Sinto muito, mas muito mesmo, e vc não imagina o qto. ;)
She

Viviana disse...

Querida Ana linda

Olá, amiga!

Como sempre...presenteia-nos aqui com coisas lindas...

Não só lindas, mas que nos tocam de uma forma muito intensa.

Obrigada.

O meu abraço
viviana

Lilá(s) disse...

Estes texto transmitem sempre valiosas mensagens! obrigada Ana
Bjs

Martinha disse...

Um texto carregado de imenso valor à vida. Também eu me declaro viva! :)
Beijo *

Everson Russo disse...

Um belo dia repleto de poesia,,,amor e carinho pra ti minha amiga...beijos e beijos.

@ Escritora disse...

Belíssimo texto!

Bjão

Mônica disse...

Ana
Que texto lindo! Sobre a vida!
Eu consegui um tecnico e ele entendia de blog e disse que o blog estava esqueci a palavra des...por isso nao conseguia ver os comentarios de ninguem.
Mamae vai sair do hospital amanha ,graças a Deus.Estamos com uma nova acompanhante
com amizade e carinho d e Monica.

Vanessa Souza Moraes disse...

Viver bem é a melhor vingança.

Maria José Rezende disse...

Olá Ana. A vida é linda, um presente de Deus. Beijos.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

O desejo pela vida,
é o que nos alimenta.

Em tampos em que vida
se confunde
com inutilidade,
em juventude eterna,
em programas e músicas
sem sentido,
declarar-se vivo
é uma benção
e um compromisso
com a esperança.


Que cada dia deste novo ano,
seja em tua vida,
um dia de reencontro.

Hana disse...

Aninhaaaa que beleza de texto, um aótima escolha, eu vou colar em meus arquivos, pois é uma lição maravilhosa, e preciso ler várias vezes para absorver, lindo!Amiga pois então nasceu a Kaori, logo vc sera a vovó lindona, vai dar tudo muito certo vc vai ver!
com carinho
Hana

myra disse...

..e bem VIVA!!!! querida Ana:)
beijinhos