sábado, 23 de fevereiro de 2013

EM MEU CORPO.




Em meu corpo...
Cresceram-se as raízes, bem devagar...
Curvaram-no, aos poucos...
A primavera, fez crescer as folhas e brotar
as flores.

As sementes voaram com o vento, as mais
leves.
E, as mais fortes, reles caíram é como adubo,
enterraram-me os pés, fazendo me crescer,
cada vez mais.

Minhas veias, quais troncos, irrigaram-me
o sangue. Meu coração... Como trovão
bateu. Sacudido pelas tempestades e
atingidos pelos raios da saudade...
Ao verão, sobreviveu.

Minha alma experimentou os ruídos da
noite e percebeu os olhos de todos os
medos, crivados em mim.
Uma fada emprestou-me as asas e
transportou-me a alma para além.

Vi um mundo azul, um céu estrelado.
O choro da chuva e o vento gelado.
O açoite da cachoeira por sobre os
regatos. Vi as ondas do mar, a maré
cresceu... Os ventos brincando e depois
se desentendendo e em tufões enormes,
vi vendavais.

A mulher sozinha, chorando de dor.
A barriga da filha crescer sem igual...
Será que valeu a pena, um só minuto
de um amor irreal?

Subi bem mais alto e vi Anjos descendo
e subindo, levando a aflição da dor, a
paixão e também a gratidão e prostando
tudo no altar do Senhor.

Olhei mais, acima, e em delírios vi Deus,
também vi Jesus.
Pensei em todos nós e naquela cruz.
Um vento forte começou a soprar e a
fada desceu.
Quis acenar, sorrir, mas, balbuciei...
Apenas... Adeus.

Com certeza, meu corpo se tornará mais
frondoso e milenar. E eu vou voltar...
Quero ver as estrelas que moram por lá.
As nuvens se escondem os Olhos de Deus.
Suplicar-lhe apenas um momento de paz.
Um beijo na face, me fará acordar...
Não... jamais me sentirei tão sozinha!

Vislumbrei uma sementinha...
Em meu corpo frágil...
É a flor mais linda e mais querida que
por aqui há.
Ela me trará mais vida...
Me fará mais ágil.

Transformada será um belo canteiro
De margaridas... Margaridas...
Margaridas... Margaridas...
Florescendo, o ano inteiro!


(Cida Valadares).

Fonte da imagem:

http://www.google.com.br

8 comentários:

isa disse...

Trajetos de Vida!
Acreditar que haverá sempre Margaridas.
Beijo.
isa.

Marcia Morais disse...

Belo e encantador maninha ,muito doce teu post!Bjos!

Eliane disse...

Amiga Ana!
Belíssimo poema!
Um maravilhoso domingo pra você, curtindo seu lindo netinho!
Beijinhos!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Marcinha
Um poema intenso, onde a autora deu asas a imaginação, e com elas pode contemplar um mundo diferente e completo.
Boa semana
Bjux

Lilá(s) disse...

Passando para ler, mais uma maravilhosa partilha.
Bjs

Sotnas disse...

Olá Ana, e que tudo permaneça bem contigo!
É com enorme prazer que por cá retorno para ler este belo escrito onde teu bom gosto e sensibilidade se expressam, digo também que gostei deveras da imagem, aliás, você sempre faz ótimas escolhas do que compartilha cá com os amigos, parabéns por mais esta!

E grato pela amizade e visitas eu desejo que tenha em teu viver sempre esta felicidade alegre, grande abraço e, até mais!

UIFPW08 disse...

Lindo Poema.
Besos
Morris

Viviana disse...

Querida Ana linda

Sempre, sempre, coisas bonitas para nos ofertar com imenso carinho!

Obrigada, amiga

O meu abraço e o desejo de que tudo esteja bem

Viviana