quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

O CORPO BELO DE ONTEM DÁ PASSAGEM PARA O CORPO DA ALMA.

A pele de seda, que outra vestiu-me,
hoje reveste-se de linho com suas tramas
perfiladas pelo tempo.
Os anos fizeram da pele do meu corpo
sua estrada na caminhada da minha vida.

Na pele deslizante, corredor de mãos amadas
que já sentiram a sensação de pétalas de rosas,
hoje sentem vestígios de uma pele macia com
minúsculos sulcos a permear o rosto e pressentem
no corpo insinuações de que algo mudou.

A pele translúcida de anos atrás
deu lugar à pele opaca, que consegue recuperar
o brilho quando o amor chega e iluminar-se pela
maravilha de sentir-se amada.

Buscar nas lembranças o corpo sedoso
de formas sensuais rouba-me um sorriso
discreto e um tanto irônico pela realidade atual.

Hoje, parei no tempo para reviver os momentos
que me fizeram detentora de olhos masculinos,
que me enrubesciam fazendo -me fugir daqueles
olhares que marotamente descortinavam desejos.

Quantas de nós, mulheres, fomos pensamentos
eróticos de rapazes e descobertas de desejos?
A cada ano mais lindas e mais desejadas.
Um tempo em que paixões foram despertadas
pelo visual de nossa silhueta acoplada à elegância
e à maneira sutil de gesticular e de manter-se alvo
discreto de olhares fantasiosos.

Hoje, não perdemos elegância, a classe,
aquele sorriso discreto e agradecido nem tampouco
o olhar sonhador, a boca molhada de prazer e o calor
das mãos com o magnetismo da sedução quando
percorrem o corpo na trilha do desejo.

Pensando bem, nem sei se perdemos algo.
Creio que fizemos uma troca.
Trocamos aquele corpo de visão para agrado
de muitos, pelo corpo casulo de nossa alma
em lapidação.

Ganhamos a cumplicidade da alma. Nossa
alma comandante de nossas ações é também
aquela que nos ensinou a manter as portas
abertas do coração para abrigar o amor maduro
que nos chega para enfeitar a nossa estrada
da vida, sem tempo certo para acabar.

Ganhar um amor com a idade que ostentamos,
quando muito já aprendemos e muito temos para
aprender, é ter a sensação maravilhosa de que viver
é ter a certeza que sonhar é o caminho para a
sustentação do nosso amanhã.

Não importa o que fora vestimos, o que importa
é abraçar a realidade com a consciência de que
já fomos cobiçadas por fora e que hoje somos
cobiçadas por dentro, por tudo que aprendemos,
que entendemos da vida e do amor.

A sensação hoje é de que a pele está na transformação
certa para dar passagem à conquista de um amor sereno,
de uma vida a dois sem cobranças, sem estereópitos de uma
sociedade vestida de futilidades e frágil demais no entendimento
da alma.

Aprendi que não importa o tempo, os anos e a nossa
transformação visual, o que importa é sentir-se bem
com você, com a vida e com o amor.
Amar com o coração e a alma é sentir o corpo em
harmonia abraçando a felicidade.



(Marilda Diório).

36 comentários:

SAM disse...

O amor ilumina e faz brilhar cada célula do corpo, moldando a beleza da alma.

Beijos, querida amiga!

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA ANA, BELA ESCOLHA DESTE MAGNÍFICO TEXTO... FIQUEI FASCINADA AMIGA... TENHO O MEU SELO +ARA TE OFERECER, FICARIA MUITO FELIZ SE O ACEITASSES... ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Lou a esquizoffrenica disse...

Absolutamente perfeito, é a chegada da idade da plenitude, adorei a postagem

Chica disse...

Linda mensagem! Temos que aprender a nos aceitar em cada fase,senão...beijos,tudo de bom,chica

HSLO disse...

Sempre converso com meus amigos e digo que o importante é o nosso amor próprio, a nossa paz interior, o nosso equilíbrio mental. Só assim viveremos bem.

abraços

Hugo

Sonhadora disse...

Minha querida Ana

os teus textos, sempre ensinam, ou nos fazem lembrar algo.

beijinhos
Sonhadora

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Quando o amor é presente o coração não cria rugas e o sorriso ilumina todo o corpo!

Um beijo!

Sonia Regina.

Simone Anjos disse...

Querida Ana,

"Amar com o coração e a alma é sentir o corpo em
harmonia abraçando a felicidade."
Belo texto amiga, profundo e verdadeiro, nos leva a reflexão...
Beijos na alma,

Tô afim de falar tudo! disse...

É preciso o esquilibrio entre o corpo e a alma, sempre!
Bjs!

Mari Amorim disse...

Olá Ana,querida!
Está acontecendo até o dia 07/03 a BlogagemColetiva,
proposta pelo blog http://fio-de-ariadne.blogspot.com
Meu Oscar Vai Para:
Venha conferir e comentar minha participação no:
http://sempretensoesamorcontos&causos.blogspot.com/
Boas energias
Mari Amorim

Nanda Assis disse...

eu to achando dificil lidar com as transformações visuais sabia. bom a vida é isso infelizmente.

bjosss...

lis disse...

Oi Ana
Prova de que a beleza nao importa é estarmos aqui sem nos conhecermos e criando um circulo de amigos de todas as classes, se feios , novos , velhos ou bonitos, nada importa, o que fica são nossos valores e nosso coração
Vida bem vivida, isso importa.
beijinhos

Luciana disse...

É exatamente assim q me sinto.
Em transformação.

Fernanda disse...

Amiga Ana,

Obrigada por mais este belíssimo poema.

Beijos

Ivana Marisa Altafin disse...

Bom dia!!!

"O que é preciso é ser como se já não fôssemos,
vigiados pelos próprios olhos severos conosco, pois o resto não nos pertence". Cecília Meireles.

Everson Russo disse...

E que essa passagem bela seja bela tambem no sentimento,,,no complemento do amor pleno...beijos de bom dia.

Bia Monteiro disse...

Lindo... lindooo e lindoo
Nos faz lembrar q amar vale a pena
Bjos flor
=D

Ricardo Calmon disse...

Do profundo de versos teus,emerjo,para entre do mar estrelas e corais de cores todas ,um dia magnânimo te desejar!

bzu

Viva Vida!

Girassois todos de campos meus ,pour vous!

vive la vie Ana Caríssima!

Maria Bonfá disse...

lindo o texto.. é tão dificil ver as diferenças do corpo com a idade. mas esse texto mostra de uma forma linda que temos a idade interior que eu garanto, nunca envelhece.. beijão

Rouxinol disse...

Bom dia Ana!
Amor. Ah! O amor!!!
Se todos soubessem que o amor é o carro chefe da vida...
Tudo se tornaria tão simples, não é mesmo??
Adorei este poema!!
Um grande beijo

Hod disse...

Já ouvi dizer que os melhores amigos de algumas muitas são os diamantes e mais atualmente a maquiagem.
Também vi uma entrevista com Julio Iglesias, onde ele ao completar 54 anos dizia que precisava parar de se preocupar somente com o fisico externo. Porque se as marcas eram visiveis no rosto como estaria o seu interior, tipo o fígado, Rins, Pancreas, Coração, Artérias e Principalmente o Cérebro.

Quero também agradecer-lhe pelas visitas e pelos poemas e poesisas que deixas ao visitar-me.,

Forte abraço amiga Ana.

Hod.

Anne Lieri disse...

Aninha,que belo texto da Marilda!Gostei demais,mostrando que não existe idade para amar e ser feliz!Bjs,

Pena disse...

Maravilhosa Amiga:
É surpreendente. A cada passo vai mostrando o seu brilhante e fantástico carinho e ternura de todos os que a conhecem, alicerçando valores puros e extraordinários ensinamentos da vida que desvenda de forma mágica e elevada de existencialismo agradável e notável ao leitor atento.
"...Pensando bem, nem sei se perdemos algo.
Creio que fizemos uma troca.
Trocamos aquele corpo de visão para agrado
de muitos, pelo corpo casulo de nossa alma
em lapidação..."

Excelente.
Que tudo lhe sorria porque eu estou encantado em ser um seu fiel e devotado leitor de sonhos que vai revelando com uma beleza ímpar e infinita.
Parabéns sinceros. Adorei.
Beijinhos amigos.
É um ser admirável. Perfeito.
Com um respeito e uma estima imensos.

pena

Bem-Haja, genial amiga.
Adorei.
Linda.

Garota Karioka disse...

Olá,
Tem presentinho pra vc no meu catinho!
Beijos, beijos!

Felina Mulher disse...

O amor não tem idade,o que importa realmente é o sentir, o pulsar!....Beijinhos.

Isa disse...

Sabe,Ana,o Amor é o melhor remédio para muita coisa!
Sério!
Beijo.
isa.


PS:- já viu como a Manuela está a tratar bem do "Momentos"?
Acho q. está a ficar liindo.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Nada mais forte que sentir a cumplicidade na alma...

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca


-

ONG ALERTA disse...

Verdadeiro e mágico, mas para esta conquista levamos alguns anos, aprendendo, caindo, chorando, rindo, tendo alegrias e enfim vivendo a história de cada um, escolhemos o nosso caminho usamos apenas um corpo uma aparência, mas só algun s conseguem ver lá dentro o belo, o coração, aprender é a missão de todos nós, as vezes levamos uma vid inteira e...alguns não aprendem o que realmente busacam que é o amor, paz.

Um grande beijo...Lisette.

AFRICA EM POESIA disse...

Minha amiga


50.000 Visitas
obrigada por estares comigo sempre...
deixo um beijinho



ACONCHEGO




Poesia...
Tantas vezes...
Tão pequenina...
E que tanto...
Encerra...

...

Hoje...

...

Sem nada escrever...
Apenas a pensar...
Sinto que...
Apenas a poesia...
É o meu aconchego...

LILI LARANJO

Brisa disse...

O importante é sentir-se viva! O tempo...deixa ele passar...
Sopros da Brisa da tarde,
Cris

Juliana Lira disse...

Em qualquer fase da vida Aninha

O que nos importa conservar não se conserta com cirurgias plásticas!É um coração verdadeiro e uma alma pura...

Milhões de beijos

Multiolhares disse...

A beleza mais real é a que está na alma, por isso tão importante o amor para a alindar, o resto é o aprendizado da vida e o exterior acaba por se perder
beijocas

RITINHA disse...

/vim matar a saudade e desejar um lindo fds..............

bjsssssssss

Cris Tarcia disse...

Ana que lindo, eu que ja estou com meu cabelos brancos amei.

Beijos e obrigada pelo lindo poema

Eliane disse...

Olá Ana!
Grata pela partilha!
Beijos!

Celso Ramos disse...

Olá!!!
Em um tempo em que procura-se a eterna juventude esse texto cai com uma luva para nos lembrar que a eterna juventude não está fora, mas sim dentro. Cultivar o que está dentro é o grande desafio. No entanto não por parte mundo o interesse em cultivar o dentro, muito pelo contrário..esvasiasse cada vez mais o interior. "Ser" parece que já saiu de moda a muito tempo. Aqui neste espaço, penso que, podemos cutivar o nosso "Ser" para termos mais juventude. A legítima!!!!!!
Abraços!!!

Ps. seria um prazer ter sua visita!!!!!