terça-feira, 26 de maio de 2009

SAUDADE E LEMBRANÇA.

Podem parecer sinônimos.
Idéia igual, mas diferente no sentir.
Lembrança é da Memória,
Saudade é da Alma.
Muitas lembranças, poucas saudades...
Lembranças surgem com um cheiro, uma
música, uma palavra...

Saudade surge sozinha, emerge do fundo
do peito onde é guardada com carinho.
Lembrança pode ser boa, mas quando não é,
pode-se afastá-la.
Convocando outra lembrança ou convocando
outro pensamento para o lugar, ligando a TV
ou lendo o jornal.

Saudade é sempre boa, mesmo quando dói
e não se apaga mesmo que outra pessoa tente
ocupar o lugar vazio.
Ela pode coexistir com um novo amor, sem
machucá-lo.

Lembrança é de algo real, de um lugar, de uma
época, uma pessoa.
Saudade pode ser do que não houve, de uma
possibilidade, de lábios jamais tocados.

Lembrança pode ser contada, medida, localizada,
e com algum esforço, pode até ser calculada com
uma fórmula matemática, ao gosto dos engenheiros.

Saudade é dos poetas, é pautadas em rimas e melodias;
vontade de ver outra pessoa, segundo os poetas, teria
outro nome, seria uma saudade com tempero, eu acho.

Lembrança pode ser sem som, pode não doer.
Saudade jamais é sem som.
Se ela não vier com música de fundo, a gente coloca,
só para ficar mais bonita, mais gostosa de sentir, para
preencher mais a alma vazia.

Lembrança vence a morte, mas conforma-se com a
ausência, respeita convenções.
Lembrança aceita o nosso comando, vai e volta quando
queremos.
Saudade é irreverente, independente e auto suficiente.


(Solange Gouvêa).

30 comentários:

Carmem disse...

Coisa linda amiga!...Um texto lindo!... Nunca tinha pensado assim...

Beijo!... e Boa noite!

RITA DE CASSIA disse...

Lindo poema!
tudo aqui e muito bonito
parabens!

RITA DE CASSIA disse...

Lindo poema!
tudo aqui e muito bonito
parabens!

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Saudade... Imensa, ela toma minha mente, meu espaço, tudo!

E dói.

Beijos e borboleteios

MEUS PENSAMENTOS disse...

suas postagens são incriveis amiga adoro ler -te fica aqui o meu bjo !

Ernani Netto disse...

Nunca tinha pensado por esse prisma!!!

Bjaum

Gerly disse...

A princípio parecem iguais sim, mas quem sente, principalmente a saudade, sabe que é bem diferente.

Beijokas!

E, mesmo atrasado, parabéns por um aninho do seu blog.

:o)

Sonia Schmorantz disse...

Fez, mais uma vez, uma linda escolha, não só linda...verdadeira!
beijos e boa semana

Menina Robô disse...

Já peguei o meu selinho,
tá lindo.

Assim como amas a ti mesmo, ame o próximo. Só o amor poderia fazê-lo a me amar e a perdoa-lo.

Foi esta decisão que fiz ME AMAR.

Suas mensagens como sempre nos fascina...

Bjokas =*

Kariny

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

linda amiga,falou tudo, saudade é auto suficiente...nossa,ótima semana,desculpe minha ausencia,ando sem muito tempo e tb uns problemas...mas Deus é maior!!
se cuida amiga,adoro sua visita e aadoro vir aqui,vu pegar meus presentinhs,bjss

lane

Taís disse...

muito lindo, adorei
Bjos

Isa disse...

Tb.acho que há diferenças,sim!
Tenha um dia feliz!
Beijo.
isa.

Mari Amorim disse...

Querida,
que delicia de texto,e de blog tb

estou participando de uma coletiva em defesa da infancia,teu comentario e muito importante,e tua visita um prazer
Boas energias pra voce
beijos
Mari

Viviana disse...

Olá Ana linda

Tão interessante este texto!

Sem dúvida, lembrança e saudade são coisas bem diferentes...

Eu conheço ambas muito bem.

Um beijo

viviana

paula barros disse...

Tão bom ler sobre saudade e lembrança. Porque tenho sempre dúvidas, mesmo sentindo ambas.

E o pior é sentir um troço, que nem é saudade, porque não foi vivida, e portanto não é lembrança. Talvez seja um querer, mas que tem sabor de saudade. E é um querer tão forte que dói que nem saudade.

Que confunsão. rsrsr

abraço

Moni disse...

eu estou bastante saudosista esses dias viu! lindo texto! beijos

Quiosque de Ideias / Amizades disse...

Tem um selinho no Quiosque de Amizades

continuação de boa semana
Paula

Sandra disse...

Ana!
Que linda a mensagem da saudade. Maravilhosa.
O poeta existe em função a sua dor, a sua saudade. Nada disso existiria, ou seja a magia da poesia, se não existissem os poetas.
Fiz um texto sobre o poeta. Vou estar postando em poetas-um vôo livre. Verifique e seja mais uma seguidora.
Em falar em seguidora, vou tentar mais uma vez, quem sabe dê certo.
Bjs.
Obrigada pela visita.
Sandra

Quiosque de Ideias / Amizades disse...

Tem + um selinho no Quiosque de Amizades (são 2)

continuação de boa semana
Paula

Helinha disse...

Texto suave e muito lindo...

É possível ter lembrança sem saudade, mas impossível saudade sem lembrança... ainda que seja lembrança do que poderia ser... a gente se lembra e a saudade vem...

Amei esse trecho:
"Lembrança é de algo real, de um lugar, de uma
época, uma pessoa.
Saudade pode ser do que não houve, de uma
possibilidade, de lábios jamais tocados."

Lembra um texto que certa vez eu escrevi para alguém:

"Sentirei saudade de tudo que não compartilharemos... das palavras que não diremos, das lágrimas que não enxugaremos no rosto um do outro... do seu colo, que não terei quando estiver triste... do afago que não te darei pra te consolar... da história que não escreveremos.

Sentirei saudade de não ter vivido um grande amor ao seu lado. Sinto saudade do amanhã, mas do amanhã ao seu lado. Saudade estranha e dolorida de tudo com que sonhei, e de tudo que não vivi..."

^^

Beijão!

tossan disse...

Quem dera
descalço
sentir a fonte
os seixos
e as marés
quem dera
que meu rosto
fosse espelho
juro
que nessa terra
eu naufragava
pra sentir
o beijo
dessa imensidão
ao meus pés...!
(utopia das palavras) ]

Beijo

Simone Anjos disse...

"Saudade é envidar todos os esforços para esquecer sem, contudo, perder a mania de retomar os restos tangíveis que permaneceram, com os olhos marejados, e descobrir que os "restos tangíveis" estão vivos e são ainda o nosso maior legado."
Beijos na Alma

Ao toque do amor disse...

Olá...vim te oferecer o selo amizade de valor e dizer que voce pode oferecer as suas amigas tambem
Tenha uma noite abençoada

☆ Káh.Kau ☆ disse...

Amo este cantinho...
que lindo texto
vc q escreve?
bjs

neide disse...

As vezes é bom sentir saudades, mas as vezes dá uma dor no peito...
Saudade só é bom quando nos faz rir.

Lindo texto Ana.

Bjsss

O QUATORZE disse...

Olá. Amiga
Tinha de vir.
Deslumbras-nos com os teus dons de boa e sensível pessoa, sempre com algo que se interioriza na nossa mente e coração.
Bjs de amizade
LUIS 14

Louro disse...

AMIGA ANA, UMA BELA NOITE PARA SI... OS MEUS VOTOS DE BEM-ESTAR,
BEIJINHOS,
LOURENÇO

Deusa Odoyá disse...

Olá minha estimada amiga.
Um lindo texto, parabéns...
Sua casa é muito aconchegante, e seus premios muito bem merecidos.
Uma semana abençoada para vc. muita paz, amor e luz.
Beijinhos doces, minha amiga.
Regina Coeli.

Phoenix disse...

Lembrança e Saudades sempre andam juntas.
Beijão, lindona.

Paraguaya disse...

Oie.
Novo blog, mas continua o mesmo.
Explico depois. Ja sou sua seguidora.
Beijos pra ti querida.