terça-feira, 5 de maio de 2009

O MAIS INTENSO DE TODOS OS AFETOS.

Não existe aparelho que possa medir,
no entanto é possível garantir
que de todos os afetos que foram criados,
o das mães, para com seus filhos,
é o mais forte e mais bem elaborado.

Mãe ama diferente
de toda espécie de gente
que existe nesse mundo.

Mãe ama tão profundo
que nem ela mesma
consegue dimensionar
o tamanho do amor que é capaz de doar.

Mãe ama na alegria e na tristeza,
na saúde e na doença,
em estado de graça
ou no auge da descrença.

Amor de mãe é muito diferente,
é escandaloso, é urgente,
é emocionado, é independente.
É simples, é inocente,
por vezes, se faz até inconveniente.

Mãe não sabe amar pela metade,
ama em extrema quantidade,
com a melhor qualidade.
Esse é o único amor permanente,
tem minuto certo pra começar
e não tem hora pra acabar.

Ele floresce na concepção,
em seguida arrebata o coração
de qualquer tipo de mulher
esteja ela na idade que estiver
e haja o que houver,
impávido, ele se sustentará.

Nem mesmo a traiçoeira da morte
tem poderes para acabar
com o amor existente
no peito de uma mãe.

Tal amor é onipresente,
resistente, persistentee,
mais que tudo isso,
ele é incoerente.

Filhos não precisam ser perfeitos,
honestos, honrados e direitos
para que sejam amados por suas mães.

Eles podem ter todos os defeitos,
podem ser causa perdida,
podem ser como uma ave abatida,
ainda assim, por elas serão amados
e em seus corações eternizados.

O mais intenso de todos os afetos
só não aprendeu a ser discreto.
Afeto = A(mor) + Feto


(Silvana Duboc).

18 comentários:

Isa disse...

Lindo o post.Linda a análise e a decomposição da palavra.
Um resto de dia de muita luz.
Beijo.
isa.

SAM disse...

Um belo texto amiga! E chegando o dia das mães aqui estou me encantando com os seus textos temáticos. Lindos!



Uma linda semana, Ana! Beijos

Ernani Netto disse...

A mãe sempre defende suas crias, acha força até onde ela não sabia ter, faz qualquer coisa, mesmo que vá contra seus preceitos... Isso sim é amor de verdade!

Bjaum

rui disse...

oi Ana.......nao sei se há melhor amor que o que uma Mae dá..... nao sei...... Eu nunca senti ate hoje melhor amor que aquele que minha mae me oferece diariamente...
É certo que Eu tambem ....me dedico muito a ela.....mas estou convicto que mesmo que fosse..nao o fizesse...seria AMADO DA MESMA MANEIRA............

MAE é um ser unico......

(nem consigo entender noticias que Maes fazem mal a filhos e filhos as Maes....)

fique bem .... um beijo

Rui

Cadinho RoCo disse...

Não sei qual o mais ou menos amor, mas sei que amor de mãe é totalmente explícito.
Cadinho RoCo

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, belas palavras...Excelente....
Beijos

Gabriela disse...

Ana,

Arrepiei-me com este poema! Mãe ama assim mesmo e é maravilhoso!
Beijo com muito carinho.

Ana Baldner disse...

O amor de mãe é maravilhoso não é... adorei a parte do inconveniente pois realmente as vezes ficamos com vergonha das "babações" de nossas mães rsrsrs

bjs

My World disse...

Olá Ana, bela postagem sobre as mães infelizmente não sou mãe e talvez nem venha a ser, mas isso é uma outra história, queria muito poder dizer que meu relacionamento é ótimo com minha mãe, mas infelizmente não é, mas agora estou sabendo conviver com isso.


Bjinhos


Sandra Daniela disse...

Olá! Tens um miminho para ires buscar ao meu blog.Espero que gostes! Beijinhos

Viviana disse...

Olá Ana linda,

Eis aqui um dos mais belos poemas sobre o AMOR DE MÃE.

Lindo, muito lindo!
Tudo é verdade!

ASSINO POR BAIXO.

Parabens e muito obrigada.

Um beijo

viviana

O QUATORZE disse...

Olá. Boa noite
Devolver o lindo amor
Dado por uma boa mãe
É dar enorme alegria
A um ser de grade bem.
Bjs de amizade
LUIS 14

Faces de Mulher disse...

Lindo esse texto...
Mãe e tudo que esta realatado no texto e muito mais...
Ahhh!!!
Consegui postar o selo...
Grata Ana...
BJKS...
Chrys
;)

viva ou exista disse...

mãe simplesmente é uma palavra muito pequena

justamente para não ofuscar tamanha sua grandeza.


post maravilhoso.

como diria aquela frase clássica e simples mas incomparável em verdade:

"mãe é mãe".

Dois Rios disse...

Muito bonito, amiga!

De fato a mãe ama diferente, profundo e desmesuradamente.

Beijos,
Inês

Luciana disse...

Lindo Post, falar do amor de mãe é sempre linod e smepre emociona!
Ando sumidona né?Cansada,gravidez já no fim...
Bjos e saudades daqui.

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Olha,
a palavra parada;
Luta,
por letras ocultas;
Ouça,
os versos internos
Solta,
a nudez poética;
Escreva-se,
poesia
ao menos um dia,
Seja.

(Maísa)

Desejo uma linda semana com muito amor, esperança e carinho.
Abraços.
Eduardo Poisl

Olavo disse...

è nada como o amor incondicional..
Beijos