sábado, 31 de janeiro de 2009

FAZER AMOR É...


Quando põe as mãos em seu
ombro,
frente a cama de seu filho e lhe diz:
"não se preocupe, te amo".

Quando vêm juntos o pôr do sol, e
com cada amanhecer sentem
renovado esse amor que nasceu
com um "te amo".

Quando têm problemas
econômicos, os enfrentam juntos
e mesmo na adversidade lhe diz
"não se preocupe, te amo".

Quando ao chegar do trabalho
sente o abraço confortável e o doce
beijo dessa pessoa que com um "te
amo"
acelera seu pulso e o seu coração
bate mais depressa.

Quando na madrugada se preocupa
com o filho que não chegou e
na cama ao seu lado ouve uma voz
que diz "não se preocupe, te amo".

Quando no momento do parto
sente suas mãos e sua voz que lhe
diz
"te amo".

Quando vêm crescer juntos aos
seus filhos e ao seu lado sente
a mesma voz que durante anos lhe
fez apaixonar-se com um "te amo".

Fazer amor é caminhar juntos na
vida, superando os obstáculos
que a vida pode apresentar, é
crescer juntos espiritual e
intelectualmente, evoluir unidos,
fortalecer os laços em comum com
esses pequenos detalhes que
algumas vezes nos parecem bobos
e insignificantes, mas que todavia,
são tão importantes para evitar a
rotina que é a mais cruel inimiga
do amor.

Quando se sente triste, quando se
sente feliz, quando se sente
deprimido, quando está doente,
quando se sente saudável e sempre
sente essa pessoa ao seu lado,
dizendo "te amo" e respondendo-lhe
“eu te amo mais"...
nesses momentos você pode dizer
“eu fiz amor".

Fazer amor é chegar ao final de sua
vida ao lado dessa pessoa
que durante anos lhe conquistou e
que lhe fez sentir-se o ser mais
feliz e querido sobre a terra.

Aproveite a vida fazendo muito
amor...Viva com intensidade...
Lute por seus ideais...
Busque a felicidade...
E que você encontre alguém
que te diga:
“Eu te amo”
Hoje e Sempre!!!


(Desconheço o autor).

22 comentários:

Luciana Horta disse...

Fazer amor é isso tudo aí mesmo!
Só discordo quanto ao tempo de duração, porque o tempo do amor não é igual ao tempo do relógio... Portanto pode ter uma grande intensidade vivido em alguns momentos e a mesma intensidade vivido em uma vida toda!
Abraços de LUz

Isa disse...

Como entendo essas palavras!
Como as vivo,principalmente agora.
Tarde? Nunca é tarde.
Descanse,Ana!
Beijoo.
isa.

Sonia Schmorantz disse...

Fazer amor é andar por
Caminhos da alma
Com o toque de um beijo
Sem pressa...
Sentir o roçar da mão no ombro
Daquele que caminha ao lado,
Acordar sempre com um
Eu te amo,
Renovado e sincero...
Ver juntos o por do sol,
Em silencio ler um livro
Numa velha poltrona..
Fazer amor é pisar na eternidade,
Fazer estrelas e sentir
O perfume das manhãs,
Sorrisos de sol,
Olhos de mar...
Fazer amor é realizar sonhos,
Viver na consistência do céu...

Sonia

Beijos e lindo domingo

FRAN "O Samurai" disse...

Oi Ana!

O amor é simbolo de companherismo, amizade, fidelidade e dentro dele encontramos o carinho e a proteção que precisamos para viver ao longo dos anos.

Falar "te amo" à pessoa amada é um gesto muito bom e que fortalece a relação. São pequenas palavras que transformam uma vida.

Beijos e belo texto.

paula barros disse...

O texto me mostra que muito mais importante do que o eu te amo, são as atitudes, os momentos vivenciados com gestos demonstrando o eu te amo.

felicidades. ótimo domingo.

Bill Stein Husenbar disse...

É um ritual mágico de partilha de corpos.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

tossan disse...

São três coisas:
uma diz que vamos,
outra que fiquemos,
outra que dancemos. bj

Antheos disse...

Olá Amiga Ana!
Entrei e… meu olhar vagueou por este seu excelente cantinho! Ah! Gostei do que li... Beijos! António

Isa disse...

Bom dia,Ana!
No meu post de hoje,achei por bem deixar uma notinha.Espero ñ a ter desiludido,nem aos AMIGOS q. aqui tenho feito. Importante ñ nos esquecermos de nós.:)
Beijoo.
isa.

caurosa disse...

Olá minha querida amiga, fazer amor é buscar constantemente, a cada dia, a cada minuto, o encontro sublime das almas de dois seres. E viver plenamente, de corpo e alma , as coisas do amor, e, se possível, buscar a eternidade.

Muita paz, harmonia e inspiração para você.

Forte abraço

caurosa

PALAVRAS AO VENTO disse...

O que mais me alegra e me deixa impressionada quando entro aqui é que a sua preocupação, sinto melhor dizer "missão" é transmitir palavras extremamente fortes e reais. Se por um lado vagamos (os poetas) pela solidão, pela busca incensante, entramos aqui e encontramos a realidade que nos leva Pelos Caminhos da Vida. Seus escritos (mesmo não sendo seus) merecem elogios porque sua sensibilidade é tamanha em perceber que um universo de pessoas (como eu) precisam ouvir estas palavras que falam da vida. Este texto é perfeito, sinto em dizer que não é o que tenho vivido, que a falta da cumplicidade tem desgastado meus dias, mas não me canso de dizer ao meu filho que eu o amo.

Franzé Oliveira disse...

A natureza do amor não é forçar relacionamentos, mas sim abrir caminhos...

Bjos com ternura.

Nanda Assis disse...

isso é um momento mágico!!
bom domingo..
0000000000000000000000000000
000000000__________000000000
000000________________000000
0000____________________0000
000______00______00______000
00______0000____0000______00
00______0000____0000______00
00_______00______00_______00
00________________________00
00______0__________0______00
000______00______00______000
0000_______000000_______0000
000000________________000000
000000000___________00000000
0000000000000000000000000000

bjosss...

Martinha disse...

Que lindo :)
Fazer amor é mesmo isso: dar o melhor de nós aos que melhor nos querem. É sermos nós próprios e gostar, sem qualquer propósito a não ser o bom que é gostar. ;)
Beijo *

SAM disse...

Lindo e emocionante. É a verdade do amor verdadeiro, Ana. E assim, posso dizer que amo e sou amada. E ouço sim, todos os dias " eu te amo", mesmo quando eu própria esqueço de dize-lo.... Obrigada pela bela partilha, amiga.

Grande beijo.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Ana,belo texto,mas será que existe?????

Desculpe a descrença é que hoje estou meio azeda,afinal hoje é domingo!!!!

Beijos com amor!Sonia Regina.

" Minha Vida" disse...

Parabéns muito bonito ...

Bjs

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Oi, amiga!
Como faço amor!Rsss. Passei essa semana inteira cuidando de uma infecção violenta no ouvido do meu filho...estou no bagaço.
Vou guardando os preciosos selinhos para o próximo post...que Deus me forneça coragem para tanto!!!
Carinhooooo

Conde Vlad Drakuléa disse...

Prá você também, respondendo ao seu e-mail querida Ana, o selo da Gata Frau é teu também, pois tu além de acreditares na esperança ainda emite esperança para todos com tuas palavras e versos :) Excelente o texto, deliciosas palavras, façamos sempre o amor, nunca a guerra!

Beijocas do conde ;)

Monique Lôbo disse...

Fazer amor é também postar textos lindos e iluminar o dia de seus leitores!!
Aninha muito obrigada pelos selinhos, e pelo carinho, você como sempre muito querida comigo e com meu blog!!!

Tenha uma ótima semana!!

Bjãoo

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Ana.

Fazer amor é renovar o sentimento a cada adversidade encontrada pelos caminhos da vida.
Lindo texto!

**********

Passando rapidinho por aqui apenas para desejar uma

MARAVILHOSA SEMANA PARA VOCÊ!!!


♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥

Tata disse...

AAAAAHHHHH..... e tem coisa melhor do ouvir um sincero eu te amo de quem se ama, ou imagino de um filho??
Não tem!!!!

bjinhos