sexta-feira, 21 de novembro de 2008

LIBERDADE.

Existe uma história, de simplicidade
linda, que eu gostaria de contar.
Um lenda, um acalanto .......
Não sei se é verdade...
e não me importo com isso.
Não precisa ser.....
Foi há muito tempo atrás... depois
do mundo ser criado e da vida completá-lo.
Num dia, numa tarde de céu azul e calor
ameno... um encontro entre Deus e um
de seus incontáveis anjos.
Acredita?
Deus estava sentado, calado.
Sob a sombra de um pé de jabuticaba.
Lentamente sem pecado, Deus erguia suas
mãos então colhia uma ou outra fruta.
Saboreava sua criação negra e adocicada.
Fechava os olhos e pensava.
Permitia-se um sorriso piedoso.
Mantinha seu olhar complacente.
Foi então que, das nuvens,
um de seus muitos arcanjos desceu
e veio em sua direção.
Já ouviu a voz de um anjo?
É como o canto de mil baleias.
É como o pranto de todas
as crianças do mundo.
É como o sussurro da brisa.
Ele tinha asas lindas... brancas, imaculadas.
Ajoelhou-se aos pés de Deus e falou:
- Senhor...visitei sua criação como pediu.
Fui a todos os cantos.
Estive no sul, no norte.
No leste e oeste.
Vi e fiz parte de todas as coisas.
Observei cada uma
de suas crianças humanas.
E por ter visto vim até o Senhor...
para tentar entender.
Por que? Por que cada uma das pessoas
sobre a terra tem apenas uma asa?
Nós anjos temos duas...podemos ir até
o amor que o Senhor representa sempre
que desejarmos. Podemos voar para
a liberdade sempre que quisermos.
Mas os humanos, com sua única asa,
não podem voar.
Não podem voar com apenas uma asa...
Deus, na brandura dos gestos, respondeu
pacientemente ao seu anjo:
- Sim...eu sei disso. Sei que fiz os humanos
com apenas uma asa...
Intrigado, com a consciência absoluta
de seu Senhor, o anjo queria entender
e perguntou:
- Mas por que o Senhor deu aos homens
apenas uma asa quando são necessárias
duas asas para poder voar...
para poder ser livre?
"Conhecedor que era de todas as respostas,
Deus não teve pressa para falar.
Comeu outra jabuticaba, obscura e suave.
Então, respondeu...
- Eles podem voar sim, meu anjo.
Dei aos humanos apenas uma asa para que eles
pudessem voar mais e melhor
do que Eu ou vocês, meus arcanjos...
Para voar, meu amigo, você precisa de suas
duas asas... Embora livre, sempre estará
sozinho. Talvez da mesma maneira que Eu...
Mas os humanos... os humanos, com sua
única asa, precisarão sempre dar as mãos
para alguém a fim de terem suas duas asas.
Cada um deles tem, na verdade, um par
de asas.... uma outra asa, em algum lugar do
mundo, que completa o par.
Assim eles aprenderão a respeitarem-se
pois ao quebrar a única asa de outra pessoa
podem estar acabando com as suas
próprias chances de voar.
Assim, meu anjo, eles aprenderão a amar
verdadeiramente outra pessoa...
aprenderão que, somente permitindo-se
amar, eles poderão voar.
Tocando a mão de outra pessoa, em um
abraço correto e afetuoso, eles poderão
encontrar a asa que lhes falta...
e poderão finalmente voar.
Somente através do amor irão chegar até
onde estou... assim como você, meu anjo.
E eles nunca....nunca estarão sozinhos
quando forem voar.
"Deus silenciou em seu sorriso e o anjo
compreendeu o que não precisava ser dito.
E, assim sendo, espero que um dia você
encontre a sua outra asa...
para, finalmente, poder voar.


(Moacir Novaes).


AMIGOS:

Achei esse texto maravilhoso e gostaria de compartilhar com voces,
é um texto grande mas que vale a pena ser lido.
Desejo a todos voces meus amigos e visitantes novos um fim
de semana de muita luz.

29 comentários:

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Ana querida,muito lindo o texto.
É necessário muito zelo com os nossos semelhantes...Se todos cuidarem uns dos outros todos seremos como os anjos,pelo menos para sair voando...

Um lindo final de semana,fique com Deus,beijos,Sonia Regina.

FRAN "O Samurai" disse...

Oi Ana!

Maravilhoso esse texto. Acredito que podemos voar, mas voamos de forma diferente e esse exemplo é perfeito...

Voamos quando amamos e encontramos nosso amor verdadeiro e através de um abraço e de um beijo apaixonado, por um leve momento voamos. Voamos em nossa mente e espírito.

Agradeço por ter postado esse texto tão belo. Adoro ler coisas que envolvem anjos. São sempre interesantes.

Beijos e um ótimo fim de semana pra você também.

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Cadê minha asinha?Rsss...confesso, nasci sem mesmo essa única asa, mas Deus, na sua Sabedoria e Bondade Infinitas, me concedeu Amigos que me levam com suas asas fortes onde quer que eu precise ir, inclusive você!
Beijos, Aninha!!!

Isa disse...

Lindo texto,Ana.1ºdevorei-o e reli-o cuidadosamente,depois.
Valeu a pena. :)
Bom fim de semana.
Beijo.
isa.

Bill Stein Husenbar disse...

Querida Ana,

É sem dúvida um texto muito interessante que nos faz reflectir bem.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Vanessa. disse...

Estou de volta e com um novo espacinho minha querida :)

Dois beijinhos.

carmen disse...

Linda estória,que nos fala sobre solidariedade, sobre juntarmos as nossas forças... e muito mais.

beijos

Conde Vlad Drakuléa disse...

Este sábio texto nos indica o caminho do altruísmo, da união com o próximo para que possamos evoluir não individualmente, mas coletivamente... Excelente inspiração vosso anjo guardião vos deu quando achas-te este texto preciosa Ana! Permita-me um forte abraço para podermos voar juntos?
^^
Beijos do conde e excelente fim-de-semana...

Dois Rios disse...

Minha linda e querida Ana,

O texto é lindo demais. De fato não somos livres sozinhos. Precisamos da asas do amor, da amizade, da solidariedade, generosidade e compaixão. Nos completamos no outro porque é no outro e para o outro que praticamos o amor.

Muitos carinhos, minha doce amiga,

Inês

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Ana, maravilhoso texto... Valeu a pena teres publicado... Bom Sábado... Beijinhos de carinho e ternura... Fernandinha

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

A outra asa... Não sabemos se vamos encontrá-la... Mas quando acontece, não compreendemos como pudemos ficar tanto tempo sem ela!
beijos e borboleteios^^

Apenas eu disse...

Lindo mesmo!
Obrigada pela partilha.

Um beijo

tossan disse...

Obrigado por compartilhar este maravilhoso texto com a gente. Bj

Multiolhares disse...

è lindo demais, é verdade só o amor nos pode elevar aos ceus
beijos

Maria disse...

Olá minha amiga Ana, belo texto dedicado aos teus amigos e obrigada porque os teus textos fazem-me crescer. Bjs e bom fim de semana de luz.

Rico Salles disse...

Lindo texto, lindo blog, foi ótimo achá-lo, tudo de muito bom gosto!

HSLO disse...

Lindo demais...viu.
Te desejo um bom final de semana.


BEIJÃO.

Um olhar disse...

Sim amiga, ótima escolha é um texto lindo demais.

espero q vc tenha me reconhecido pq não consegui mais postar no outro blog e assim está nascendo "um olhar".

bjos carinhosos e um domingo lindinho prá vc!

Menina do Rio disse...

O texto é lindissimo, sem duvida!
Obrigada por partilhares...

Um beijinho

O QUATORZE disse...

Ola bom dia
Bela escolha, espero que esteja bem e continue a ser o anjo que é.
Amizade
LUIS 14

Nanda Assis disse...

nossa coisa linda e bem bolada.
porém explica bem nossa outra metade, ou nossa outra asa.

bjosss...

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Ana, desejo-te um belíssimo Domingo...Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Nênê disse...

Liberdade...um bem essencial a nossas vidas!!!!
dou graças por viver num país livre!
beijo

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Belo domingo, amiga!
Francisco e todos os Mestres nos auxiliam na busca dos Caminhos que nos levam à Libertação de todos os males!!!Bjs

kris disse...

li, adorei..sem dúvida um texto muito verdadeiro...
quem somos nós sozinhos??... ninguém.

devemos amar os amigos, a família, os conhecidos, os desconhecidos e tudo o que nos rodeia :)

beijo grande

Cöllyßry disse...

Uma beleza este texto feito poema...Em liberdade voa nas nuvens...

Terno beijito


ölhår_Îñðîscrëtö...Å ¢µ®¡ö§¡dädë

Olhos de Mel disse...

Oie linda! Realmente é um texto maravilhoso! Quanto nós precisaríamos ler coisas assim, heim? Estamos num mundo, onde o outro não existe, nem tem direitos. Isso é muito triste. Os valores estão sendo trocados por coisas banais e ilegais.
Beijos

João da Silva disse...

Linda, este texto é maravilhoso! Emocionei-me até as lágrimas com ele...
Beijos carinhosos do João

SAM disse...

M A R A V I L H O S O!

Obrigada, Ana...Linda mensagenm!

Beijos!