terça-feira, 29 de julho de 2008

NOITE DE LUA...

Enluarada a noite vagueia,
Procurando cores.
Risos de um palhaço estonteante,
Até que enfim encontra um amante.
Sai a divagar no horizonte.
Serena orvalhando as flores.
Para onde vais?
Certamente ao encontro do mar.
O lugar mais belo e profundo.
Onde acha o seu abrigo.
Difícil conter-se diante do agito.
Das ondas espumantes.
Delírios repletos de esplendor.
E o amante?
Sorri junto com ela.
Envoltos numa atmosfera de sonhos.
Românticos.
Clareados por um raio fascinante.
Por ser multiplicador.
De que?
Amor,Amor,Amor...

12 comentários:

Essência de amor disse...

Um amado amante q multiplica amores é tudo o q sonhamos ter.
Volte sempre, amei sua visita.
Podemos ser amigas?
Bjão da f@

poetaeusou . . . disse...

*
noite
madrugada
em esplendor
amanhecer
multiplicada
em amor, amor, amor
,
conchinhas lunares,
,
*

Dois Rios disse...

Amor que se multiplica.

Pra quê mais?

Beijo,

sagher disse...

que sonhos, que desejos, que vida real?

O Sibarita disse...

Dona moça! Se assim é, bebamos da noite a multiplicidade do seu tudo... Valha-me Deus! kkkk

bjs
O Sibarita

Karen disse...

Nossa, que lindo.

Fernando Rozano disse...

amar, sempre verbo, noite e dia, e com o passar das horas, mais vida. abraços.

Essência de amor disse...

Demorou!!!
Já devia ter linkado...rsrsr
Eu sou meio lerdinha e não consigo fazer isso...kkkk
bjão

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

Obrigada pela simpatica visita! Espero que voltes...

Adorei a imagem com a borboleta e quanto ao poema: ai ai amor...

;) beijinhos

e vou linkar-te lá!

Milla disse...

Há música no seu poema!!

mto bom =)

bjs!

Nadezhda disse...

Parece que a noite e o mundo todo está vivendo algo que ainda não estou ;)

Malu Godinho disse...

A lua e o mar, os dois juntos a amar.

Adorei o poema... falas como se fosse um dos dois, e então estas assim? Amar, amar, amar...

rsrsrs


Um grande beijo...


Ah... eu queria pedir um favor, é que queria saber se pode me add aí, se realmente gostares do que escrevo?

Até mais!