sexta-feira, 12 de outubro de 2012

O AMOR NO TERCEIRO MILÊNIO.



Não é o avanço tecnológico que marcou
o início deste milênio. As relações afetivas
também estão passando por profundas
transformações e revolucionando o conceito
de amor.

O que busca hoje é uma relação compatível
com os tempos modernos, na qual existia
individualidade, respeito, alegria e prazer de
estar junto, e não mais uma relação de dependência,
em que um responsabiliza o outro pelo seu bem-estar.

A ideia de uma pessoa ser o remédio para nossas
felicidades, que nasceu com o romantismo, está
fadada a desaparecer neste início do século.

O amor romântico parte da premissa de que
somos uma fração e precisamos encontrar nossa
outra metade para nos sentirmos completos.

Muitas vezes ocorre até um processo de
despersonalização que, historicamente, tem
atingido a mulher. Ela abandona suas características
para se amalgamar ao projeto masculino.

A teoria da ligação entre opostos também vem
dessa raiz: o outro tem de saber fazer o que eu
não sei. Se sou manso, ele deve ser agressivo, e
assim por diante. Uma ideia prática de sobrevivência,
e pouco romântica, por sinal.

A palavra de ordem deste século é parceria. Estamos
trocando o amor de necessidade pelo amor de desejo.
Eu gosto e desejo a companhia, mas não preciso, o que
é muito diferente.

Com o avanço tecnológico, que exige mais tempo
individual, as pessoas estão perdendo o pavor de
ficar sozinhas, e aprendendo a conviver melhor
consigo mesmas.

Elas estão começando a perceber que se sentem
fração, mas são inteiras. O outro, com o qual se
estabelece um elo, também se sente uma fração.
Não é príncipe ou salvador de coisa alguma.
É apenas um companheiro de viagem.

O homem é um animal que vai mudando o mundo,
e depois tem de ir se reciclando para se adaptar
ao mundo que fabricou. Estamos entrando na era
da individualidade, o que não tem nada a ver com
o egoísmo.

O egoísta não tem energia própria, ele se alimenta
da energia que vem do outro, seja ela financeira ou
moral. A nova forma de amor, ou mais amor, tem
nova feição e significado.

Visa a aproximação de dois inteiros, e não a união
de duas metades. E ela só é possível para aqueles
que conseguirem trabalhar sua individualidade.
Quanto mais o indivíduo for competente para viver
sozinho, mais preparado estará para uma boa
relação afetiva.

A solidão é boa, ficar sozinho não é vergonhoso.
Ao contrário, dá dignidade à pessoa. As boas
relações afetivas são ótimas, são muito parecidas
com o ficar sozinho, ninguém exige nada de ninguém
e ambos crescem.

Relações de dominação e de concessões exageradas
são coisas do século passado. Cada cérebro é
único. Nosso modo de pensar e agir não serve de
referência para avaliar ninguém.

Muitas vezes, pensamos que o outro é nossa alma
gêmea e, na verdade o que fizemos foi inventá-lo
ao nosso gosto. Todas as pessoas deveriam ficar
sozinhas de vez em quando para estabelecer um
diálogo interno e descobrir sua força pessoal.

Na solidão, o indivíduo entende que a harmonia
e a paz de espírito só podem ser encontradas
dentro dele mesmo, e não a partir do outro.
Ao perceber isso, ele se toma menos crítico e
mais compreensivo quanto às diferenças, respeitando
a maneira de ser de cada um.

O amor de duas pessoas inteiras é bem mais
saudável. Nesse tipo de ligação, há o aconchego,
o prazer da companhia e o respeito pelo seu amado.

Nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém,
algumas vezes você tem de aprender a perdoar a
si mesmo...

" A pior solidão é aquela que se sente quando
acompanhado".


(Flávio Gikovate).


Fonte da imagem:

http://www.google.com.br


AMIGOS:

Peço desculpas pela minha ausência em vossos
blogs, como sabem estou ajudando minha filha
a cuidar do Gabriel ( meu neto querido), sinto
muitas saudades de todos vocês. Agradeço a todos
pela presença, pela compreensão, e também aos novos
visitantes, seguidores: sejam bem vindos, meu muito
obrigada. SAUDADES DE VOCÊS.
Amigo Toninho tb sinto saudades, logo te visitarei.

18 comentários:

Bela Cunha disse...

Querida amiga

Ouço falar da perca de valores, até com o aumento de divórcio ouço criticas constantes ... eu não penso assim ... os valores não se perderam mas evoluíram.

Felizmente o sentimento de dependência deu lugar á individualidade que considero tão importante.

Não estar junto por necessidade mas sim por desejo é a chave de sucesso para uma relação saudável.

Beijo para si e para o Gabriel que tem sorte por ter uma vóvó tão linda e tão amorosa

Maria Adeladia disse...

Para mim, o romantismo ainda é forte! Que pena que para muitos isso não existe mais!

Essa nova tecnologia faz com que as pessoas se afastem, tornando-se meio mecânicas diante da vida. É triste.

Abraços, amiga!

Cidinha disse...

Olá, um belissimo texto amiga. Tão real e próprio para os dias de hoje. Desejo um feliz fim de semana e todo meu carinho pelo dia da criança. Beijos! Adorei todos os posts.

lis disse...

Oi Ana
Obrigada pela presença, estava com saudades e sentindo sua falta.
O texto como sempre bem escolhido _ o amor em todos os tempos assemelha-se , apesar da modernidade o sentimento é sempre singular e grandioso.
deixo meu e abraço desejando muitas alegrias junto ao netinho .
boa semana

Fruto do Espírito disse...

Com carinho para você!

SALMO 23

O SENHOR É MEU PASTOR,
Isto é relacionamento!

NADA ME FALTARÁ,
Isto é suprimento!

CAMINHAR ME FAZ EM VERDES PASTOS,
Isto é descanso!

GUIA-ME MANSAMENTE A ÁGUAS TRANQUILAS,
Isto é refrigério!

REFRIGERA A MINHA ALMA,
Isto é cura!

GUIA-ME PELAS VEREDAS DA JUSTIÇA,
Isto é direção!

POR AMOR DO SEU NOME,
Isto é propósito!

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE,
Isto é provação!

EU NÃO TEMEREI MAL ALGUM,
Isto é proteção!

PORQUE TU ESTÁS COMIGO,
Isto é fidelidade!

A TUA VARA E O TEU CAJADO ME CONSOLAM,
Isto é disciplina!

PREPARAS UMA MESA PERANTE MIM NA PRESENÇA DOS MEUS INIMIGOS,
Isto é esperança!

UNGE A MINHA CABEÇA COM ÓLEO,
Isto é consagração!

E MEU CÁLICE TRANSBORDA,
Isto é abundância!

CERTAMENTE QUE A BONDADE E A MISERICÓRDIA ME SEGUIRÃO TODOS OS DIAS DE MINHA VIDA,
Isto é benção!

E EU HABITAREI NA CASA DO SENHOR,
Isto é segurança!

POR LONGOS DIAS,
Isto é eternidade!

Que o Senhor te abençoe e te guarde!

***Lucy***
http://frutodoespirito9.blogspot.com/

A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu, deixo aqui o meu convite.

Paz, saúde e felicidades a você e toda sua família é o meu desejo e oração.

Em Cristo,

***Lucy***

P.S. Visite também:
http://discipulodecristo7.blogspot.com/
Temas bíblicos e mensagens abençoadoras.

Anne Lieri disse...

Aninha,eu tb ando em dívida com vc,pela correria da menina voadora e seu teatrinho,mas adorei sua msg!As relações estão mudando porque os homens tb mudam!Bjs e um beijinho ao Gabriel pelo dia das crianças!

Evanir disse...

Boa Noite Amiga.
Um lindo texto vc escolheu para o dia de hoje.
Um dia muito especial ,mais hoje estava muito desanimada mesmo assim ñ poderia deixar de vir no seu blog.
Espero que tudo esteja bem continha também com anjinhos deus netos.
Lara esta simplesmente linda.
Um beijo querida amiga feliz final de semana,Evanir.

dado disse...

Amiga ganhei um presente maravilhoso, sua visita em meu blog. FRiquei super feliz. Tão feliz que coloquei seu blog em destaque no meu. A última vez que conversei com você, estava tão desanimada que pensei que fosse parar de blogar.
Obrigado pela sua visita e sua amizade. Um abraço Dado

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Ana.

Gosto de pensar que ainda existe o romance. AAhhhh... Romantismo!!

Muitas felicidades para o seu netinho!

BOM FERIADO!

♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥


brincandocomarte.blogspot.com.br

___________________________________

Sotnas disse...

Olá Ana, e que tudo permaneça bem contigo!
O ser humano demorou em perceber que sentir-se só não é estar desacompanhado.
Que a solidão que mais destrói é a que sentimos mesmo rodeado de tantos outros, e quando não sentimos a própria companhia, assim concordo com este texto, devemos nos unir a outro ser por gostarmos de estar junto, por que fazer o outro feliz nos faz feliz e não para deixar de ser só!
Belíssima escolha para por cá postar, como sempre!

E agradecido por tuas visitas e comentários gentis, desejo que tenha em teu viver a felicidade intensa, em grande abraço e até mais!

Poeta Mauro Rocha disse...

Curta seu neto, pois é uma das coisas mais marvilhosas do mundo.

O texto é muito bonito e forte.

Tenha um domingo ótimo com o Gabriel.

Um abraço.

Luis disse...

Minha Boa Amiga,
Quanta verdade neste pensamento "A pior solidão é aquela que se sente quando acompanhado". E, no entanto, quantos não andam por aí nessa solidão!
Essa sua azafama em acompanhar a sua neta lembra-me o que se passa connosco com o neto Tomás! Eles dão-nos Vida até "dizer chega"...
Beijinhos amigos.

Eliane disse...

Amiga Ana!
Realmente a pior solidão é aquela em que se está acompanhado mas só.
Bom fim de semana e bem alegre com seu netinho Gabriel!
Beijinhos!

Maria Rodrigues disse...

Lindissimo texto minha amiga, no amor á que estar de corpo e alma. Aproveite ao máximo o seu netinho.
Beijinhos
Maria

*Escritora de Artes* disse...

Olá querida,

Um belo texto!

Que bom que está de volta...

Bjos

Lau Milesi disse...

Olá Ana, incialmente quero te dar parabéns ( e muitos):) pelo lindo Gabriel. Seja bem-vinda ao clube das vovós ainda "gatas". :) Que legal, amei a noticia que você deixou no meu blog. Obrigada.

Beleza de post.Esse novo tipo de relacionamento derruba a hipocrisia do passado.

Um beijo e parabéns, mais uma vez, pra você e os pais do Gabriel.
Beijinhos no Gabriel♥

Viviana disse...

Querida Ana linda

É muito, muito importante o que está a fazer...cuidar do seu netinho.

Connosco não se preocupe, pois sabemos o quanto nos estima e quer bem. Isso nos basta.

Tudo tem o seu tempo.
Desejo que esteja tudo bem com o seu menino e que que o bom Deus abençoe a querida Ana e a todos os seus familiares
Um beijo
Viviana

Cris Tarcia disse...

Que texto lindo, momento especial o seu cuidar do seu netinho, Um linda semana