quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

A VOZ DO SILÊNCIO.

Pior do que a voz que cala,
é um silêncio que fala.

Simples, rápido! E quanta força!

Imediatamente me veio à cabeça situações
em que o silêncio me disse verdades terríveis,
pois você sabe, o silêncio não é dado a amenidades.
Um telefone mudo. Um e-mail que não chega.
Um encontro onde nenhum dos dois abre a boca.

Silêncios que falam sobre desinteresse,
esquecimento, recusas.

Quantas coisas são ditas na quietude,
depois de uma discussão.
O perdão não vem, nem um beijo,
nem uma gargalhada
para acabar com o clima de tensão.

Só ele permanece imutável,
o silêncio, a ante-sala do fim.

É mil vezes preferível uma voz que diga coisas
que a gente não quer ouvir,
pois ao menos as palavras que são ditas
indicam uma tentativa de entendimento.

Cordas vocais em funcionamento
articulam argumentos,
expõem suas queixas, jogam limpo.
Já o silêncio arquiteta planos
que não são compartilhados.
Quando nada é dito, nada fica combinado.

Quantas vezes, numa discussão histérica,
ouvimos um dos dois gritar:
"Diz alguma coisa, mas não fica
aí parado me olhando!"

É o silêncio de um, mandando más notícias
para o desespero do outro.

É claro que há muitas situações
em que o silêncio é bem-vindo.
Para um cara que trabalha
com uma britadeira na rua,
o silêncio é um bálsamo.
Para a professora de uma creche,
o silêncio é um presente.
Para os seguranças de um show de rock,
o silêncio é um sonho.

Mesmo no amor,
quando a relação é sólida e madura,
o silêncio a dois não incomoda,
pois é o silêncio da paz.

O único silêncio que perturba,
é aquele que fala.

E fala alto.

É quando ninguém bate à nossa porta,
não há emails na caixa de entrada
não há recados na secretária eletrônica
e mesmo assim, você entende a mensagem.


(Marta Medeiros).

32 comentários:

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Só podia ser Martha Medeiros!!

Nada é mais eloquente e perigoso que o silêncio em coisas de amor...

Você sabe escolher seus posts!

Parabéns!

Um beijo!

Sonia Regina.

Beth Cerquinho disse...

Ana..nossos horários são compátiveis..rss acho que vivemos intensamente a madrugada..rss
Bjka minha amiga.

Andréa disse...

Adorei o texto.
Meu marido sempre diz que ele entra em pânico qdo eu me calo.
Agora eu entendi perfeitamente o que ele quer dizer com isso.
Estou adorando conhecer seu blog.
Vim parar aqui através do Vida Blogueira.
Seu blog é incrível.
Beijos

Sandra disse...

Muito linda esta poesia. Bela.Parabéns.
Sempre postando com amor e carinho.Uma pessoa maravilhosa, que sempre, falando sobre o tema amizade. Acho que é por ai mesmo, minha amiga.
Neste mundo virtual, precisamos sim eé conquistar pessoas sinceras e verdadeiras.
Na voz do Silêncio, é que percebemos o seu grande valor.

Retribuindo a sua visita.

Deixei um carinho para vc. neste endereço
http://sandraandrade7.blogspot.com/
espero que goste e aceite.
Muito obrigada pelas visitas.
Adoro vc.
Fico muito feliz com a sua visitas em meus blogs.
Com muito carinho
Sandra

Lidia Ferreira disse...

Pior do que a voz que cala,
é um silêncio que fala.
nossa amei , falou fundo
bjs
obrigada pelas palavras de carinho amiga

FOTOS-SUSY disse...

OLA ANA, EXCELENTE TEXTO...TIVESTE UMA LINDA ESCOLHA...ADOREI...!
VOTOS DE UM OPTIMO DIA QUERIDA AMIGA, FICA COM DEUS!!!
BEIJOS COM CARINHO,


SUSY

Fatima disse...

Cada dia que passa gosto mais da Martha Medeiros.
Bjs.

Bela disse...

Profundo

"Pior do que a voz que cala é um silêncio que fala..."

Tocou-me bem fundo.

Beijos

Sol da meia noite disse...

Tem alturas em que o silêncio é paz... outras em que é inquietação.

Que tenhas um bom fim de semana :-)


Beijinho *

Everson Russo disse...

Com toda certeza muito nos fala o silencio, é nele que ouvimos nosso coração, nossa alma,,,nossa razão...um beijo e um belo ginal de semana pra ti.

Bergilde Croce disse...

O silêncio vale por uma prece muda e eloquente. Impõe-se a nossa atenção quando oramos,meditamos e estudamos.É para mim um grande conselheiro...também e me faz jubilar!!!Guardemos pois o silêncio e ele nos guardará!Amiga,um grande abraço e um lindo final de semana pra você!

Cris Tarcia disse...

Ana, linda poesia. Agora estou em casa sozinha, tudo quietinho, ja meditei e pensei como é bom silenciar os pensamentos, vazio, relaxa

Beijos e um lindo dia

Cris Tarcia disse...

Ana, passei para deixar um beijo e um lindo dia

Tonia Albuquerque disse...

Obrigada pela visita mais uma vez e tb sou fã incondicional da Martha Medeiros, já publiquei até a bioagrafia da mesma.

Gostaria de ter mais tempo para visitar a todas amigas virtuais que acompanho, mas devo ter uns dias de férias do trabalho e pretendo fazer isso.

Grande abraço amiga

Tonia

MEU MUNDO E NADA MAIS... disse...

Amiga acabo de receber este abraço gostoso que me deste,
Aninha que Deus continue te abençoando, e que vc tenha um lindo fim de semana!!
grande beijo no seu ♥

tossan® disse...

”Posso não concordar com nenhuma
das palavras que você disser,
mas defenderei até a morte
o direito de você dizê-las.”
(Voltaire)! (A Vivian me enviou)
Bom fim de semana. Beijo

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Já é o segundo blog que vou no qual fala em silêncio. Será que é um aviso pra que eu não fique tanto em silêncio enquanto Rebeca solta todos os cachorros pra cima de mim? hahahaha

Vou responder a mesma coisa que respondi no outro: É muito difícil mesmo decifrar o significado dos silêncios que recebemos! Mas tenho certeza de que ela entende os meus, assim espero.

até mais.

Jota Cê

Andresa disse...

Acho que o silencio é a lingua do sábio....
maravilhosos textos amiga..... Tanto da voz do silêncio como também do acordar.....

Parabens

Um otimo final de semana
Andresa

Moni disse...

adoro martha medeira... estava com saudade de vir aki e ler mensagens tão lindas!!! estou de volta amiga! beijosss

Helena Teixeira disse...

Aproveito e deixo um convite: participe na Blogagem de Dezembro do blogue www.aldeiadaminhavida.blogspot.com
“O tema é: O Natal na minha Terra”
Basta enviar um texto máximo 25 linhas e 1 foto para aminhaldeia@sapo.pt até dia 8 de Dezembro. Participe. Haverá boa convivência e uma campanha de solidariedade para ajudar Isabela (veja mais no blog da Aldeia)!

Jocas gordas
Lena

Elzenir disse...

Olá, ANA, vc é uma pessoa muito gentil sempre encontro vc nos blogs.Bom final de semana. bjs

Maria José disse...

Ana. Adoro Martha Medeiros e como ela soube colocar bem este problema do silêncio... o silêncio que machuca a alma e entristece o coração. Beijos, amiga e bom final de semana.

Ane disse...

É verdade Ana,o silêncio neste caso tem a ver com indiferença e não há coisa pior pra o amor que indiferença,pelo menos na minha opinião.
Bjos!

wcastanheira disse...

Silêncio, qtos o desejam, qtos o repelem e qtos o temem, somos parceiros de tantos silencios, tantas vezes nosso silêncio é própria sentença, mas qtas vezes é nossa punição aos outros, belo enfoque, ótimo texto, viajei no seu silêncio e vc, permitiu, foi mto bom estar com vc, bjos, bjos, bjoss

UIFPW08 disse...

Legere eu gostaria de algo escrito por você ..
um abraço
Beijos
Morris

Nova Civilização disse...

Olá Ana,

muitas vezes o silêncio diz tudo...muito mais que palavras !

beijinhos,

Gisele.

cristal de uma mulher disse...

Amiga linda as imagens aqui´são lindas e de classe eu as adimiro muito e é claro que juntamente com a tua literatura a qual adimiro e leio varias vezes e assim eu vou crecendo com palavras e belos sentimentos..
Meu beijo de luz e obrigada por teu carinho e atenção sempre de uma bella amiga

Sonhadora disse...

Ana
Lindo post.
Um beijinho
Sonhadora

romantic disse...

minha maninha que texto!!!!
é isso td e um pouco mais ,sabes do que falo um bom fim de semana pra vc te adoro viu?bjs!!

Kelly disse...

O silêncio onde fala um olhar...esse sim dá medo, gera angustia...
Adorei seu post.
Beijos e ótimo fim de semana

*** Cris *** disse...

Olá,td bem?
Tem um presentinho pra vc lá no meu blog,tá?
Bjs!

Mello disse...

Um grande abraço para ti, minha amiga!

Beijos,

Graça