segunda-feira, 29 de junho de 2009

AMAI-VOS...

Amai-vos uns aos outros,
mas não façais do amor um grilhão.

Que haja, antes, um mar ondulante
entre as praias de vossa alma.

Enchei a taça um do outro,
mas não bebais da mesma taça.

Dai do vosso pão um ao outro,
mas não comais do mesmo pedaço.

Cantai e dançai juntos,
e sede alegres, mas deixai
cada um de vós estar sozinho.

Assim como as cordas da lira são
separadas e, no entanto,
vibram na mesma harmonia.

Dai vosso coração,
mas não o confieis
à guarda um do outro.

Pois somente a mão da vida
pode conter vosso coração.

E viveis juntos,
mas não aconchegueis
demasiadamente.

Pois as colunas do templo
erguem-se separadamente.

E o carvalho e o cipreste
não crescem à sombra um do outro.


(Gibran Kahlil Gibran).

23 comentários:

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Muito bonito e sábio este texto de Gibran!!!

Seu blog está um doce de visual novo!

Parabéns!!Beijos!!!Sonia Regina.

Sonia Schmorantz disse...

Que lição! Pena que poucas pessoas entender que amar não é estar um no outro, mas estar ao lado um do outro, para o que der e vier....
No meu momento hoje, caiu como luva, pena que eu esteja lendo sozinha.
beijos

Nanda Assis disse...

belos conselhos, se todos os seguissem fariamos um mundo melhor.

bjosss...

Viviana disse...

Olá Ana linda

Primreiro, quero felicitá-la por o "novo visual" do seu blogue.

Está lindo!

Muito lindo!

Aliás, está sempre lindo.
Parabens, pois.

Depois, bom, depois, quero agradecer-lhe o belo poema de Kallil Gibran.

Já o conhecia.

Mas não imagina o quanto foi oportuno a Ana trazê-lo hoje á minha lembrança!

Sabe, amiga

è que a gente tão depressa esquece coisas que não são passíveis de se esquecer...

Obrigada de coração.

Tenha um lindo dia

Sorria muito e seja feliz

Um beijo

viviana

Angela Guedes disse...

Oi Ana, bons conselhos!!!
Adori o novo visual.
Beijinhos
Angela

Ailime disse...

O amor é assim mesmo. Caminhar lado a lado...
Não é fácil, mas vamos sempre tentando.
Grandes, estes ensinamentos...
Beijinhos

Mylla Galvão disse...

Eu não havia entendido o poema, então o reli e compreeendi a mensagem. O amor em si, não está no entrelaçamento de duas almas, mas em seu compartilhamento...
Não podemos viver um dentro do outro... Pois se o amor acaba ou o perdemos o sofrimento é maior, quase dilacerante...
Amei o poema...

Tem texto interessante no Vidas Linha:
http://vidaslinha.blogspot.com

Néctar da Flor - Rebeca e Jota Cê disse...

Aninha,

Você que é uma amiga querida, que sabe conquistar o momento ao nosso lado, com esse seu jeito carinhoso e amigo.

Você é um amor!

Beijo grande, menina linda.

Rebeca

-

Lucy disse...

Adorei seu novo visual.

E o texto éh lindo lindo.Parabéns pela escolha.

Bjoos e um otimo dia.

=)

glauce soares e meu filho Gustavo disse...

Desculpe pela demora, estava hiper enrolada c/ níver do meu filho, sem tempo algum já peguei o selinho, a cada dia seu blog está mais lindo , , bom gosto das flores, bjs

Sandra disse...

Kahlil Gibran foi uma grande poeta...E este poema dele é intenso e cheio de verdades profundas!É ótimo relembrar!
*
PS:Mas passei mesmo para deixar o beijo de terça-feira,registrado...Que DEUS te abençõe,amiga querida,juntamente com os seus familiares!
BEIJO e té+ver!

LOURO disse...

Olá querida amiga Ana:

Dai vosso coração
mas não o confieis
á guarda um do outro.

simplesmente sublime...Adorei!!!

Beijinhos de carinho,

Lourenço

VANUZA PANTALEÃO disse...

Demais, esse Homem Iluminado!

Nada a acrescentar...

É isso mesmo, Ana!!!Bjsss

Cristal De Uma Mulher disse...

belissimo amiga voltarei sempre aqui para saborear tanta perfeição..Seja tambem minha seguidora que acompanhemos juntas a nossa evolução em letras e cores da vida...beijos

Elaine disse...

Olá!
Este é um comentário-convite:
Estou começando uma promoção em meu blog e ficarei muito feliz se você participar.
Conto com você.
Beijos e fique com Deus.

Chris disse...

Um grande poeta... gostei de conhecer este seu recanto.
Parabéns
Cristina Fernandes

Bergilde Croce disse...

Linda mensagem para o momento de crise nao apenas economica,sobretudo humana,onde as pessoas vivem na maior parte o individualismo desumano!Obrigada pela visita ao nosso blog,continuaremos a te visitar até as nossas férias,abraço grande!

Anne Lieri disse...

Que bela msg de amor!Puro encantamento por essas sábias palavras!Amar e deixar o outro livre para amar tb!Bjs,

Ricardo Calmon disse...

Amadérrima Ana,adorei a "jardinagem"em oráculo seu,assim como transcrição poética de Kalil Gibran, paz e bem sempre!

Ps:eu também dificuldades tenho,para comentar em alguns blogs!

bzu nas mãos pessoa linda!

Viva Vida!

A Itinerante - Neiva disse...

Resumindo: ame o outro, mas não queira ser o outor.

Maravilhoso! :DD

MEUS PENSAMENTOS disse...

maravilhoso este texto!
ja fiz homenagem no en cantos conferi la!

Ana Oliveira disse...

Um dos mais belos textos de Gibran.
Adorei ve-lo aqui.
Nunca eh demais lembrar como eh importante respeitar o espaco do outro, amar sem prender, confiar sem delegar.

Um beijo

Ana

Persida Silva disse...

Amiga-madrinha do blog" L'amour de l'art" agradeço pelas tuas mensagens e carinho. Tens um mimo para ti querida amiga, vem buscá-lo.
Beijooooo