quinta-feira, 20 de outubro de 2011

UM PEDAÇO DE VOCÊ.



Um pedaço de você já ficou
no tempo, quando você deixou
de ler um bom livro,

Quando não acreditou naquele
amigo...

Quando não aproveitou aquele
instante para falar de amor.

Quando não abraçou seu pai e
nem beijou sua mãe.

Um pedaço de você se perdeu
na curva, quando abandonou o
seu sonho de tentar,

Quando aceitou trabalhar onde
não gostava quando fazia o que
não suportava...

Quando disse sim, quando queria
dizer não,

Quando deixou o amor morrer
antes de nascer, por medo de sofrer...

Um pedaço de você ficou parado,
quando você não quis fazer um
novo percurso,

Quando se conformou com o velho,
quando ficou parado vendo o povo
correr...

Quando votou em branco, se podia
escolher,

Quando não apareceu quando era
esperado.

A vida pede atitude em cada instante,
e passa por cima de quem se cala,

De quem aceita, de quem acredita que
tudo está irremediavelmente perdido.

A vida desacata quem não se aceita,
humilha quem não se valoriza,

Ensina com amor os que amam sem
medidas, ensina com dor, os que fogem
de lições.

Um pedaço de você quer tudo, outro
quer se esconder.

Assim, cabe a você, só a você, dosar
ansiedade e apatia, ter um tempo
para criar e outro para executar...

Falar e ouvir, ensinar e aprender,
caminhar e correr...

Amar e ser amado, falar baixo e gritar...

Ter um tempo para refletir...

Só não vale esquecer
Que nada é mais
Importante que VOCÊ.


(Paulo Roberto Gaefke).


Fonte da imagem:

http://www.google.com.br


AMIGOS:

Desculpem a minha ausência nas
visitas, logo estarei de volta.
Obrigada pela compreensão.

9 comentários:

Preciosa disse...

Digamos, que esse texto pode ser batizado com nome "CATILHA PARA APRENDER A VIVER"....
Amei.....
Agradeço sua visita e comentário..
Que seu dia seja regado de muito amor
Beijos

Preciosa maria

Talita disse...

Amei o poema, não conhecia esse autor..

Beijos, linda quinta feira!!!
tatapalavrasaovento.blogspot.com

Lilá(s) disse...

Tantos pedacinhos perdidos, alguns desperdiçados...
Bjs

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

lindo adoro os textos do Paulo Roberto escolha perfeita!
beijo

Sonhadora disse...

Minha querida Ana

Passando para te deixar o meu beijinho com carinho.

Sonhadora

Carmem L Vilanova disse...

Amiga linda!
Lindo poema, como de costume...
Venho agradecer a sua presença lá pelo Eu Se Que Vou Te Amar, apesar de minha ausência por aqui... estive gripada, mas felizmente... sobrevivi... hehehehehehe...
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Rô... disse...

oi Ana querida,

linda postagem,
e fique muito tranquila,
pois amigos verdadeiros
não cobram presença...

beijinhos

Luanda M.S. Cabral disse...

O caminho, o tempo e suas nossas pegadas não é Márcia, por onde passamos deixamos algo que é nosso e em troca, recebemos algo também.
Que em nossa caixinha de lembranças possamos encontrar boas recordações... E as de lutas, que possamos relembrar das vitórias.
Beijooos, flor.

Everson Russo disse...

Quantos e quantos pedaços vamos deixando pelos caminhos da vida...beijos querida e um belo final de semana pra ti.