segunda-feira, 1 de agosto de 2011

MATAR UM LEÃO POR DIA.


Outro dia, tive o privilégio de fazer
algo que adoro: fui almoçar com um
amigo, hoje chegando perto dos seus
70 anos.

Gosto disso. São raras as chances que
temos de escutar suas histórias e absorver
um pouco de sabedoria das pessoas que
já passaram por grandes experiências
nesta vida.

Depois de um almoço longo, no qual
falamos bem pouco de negócios mas
muito sobre meus negócios.

Contei um pouco do que estava fazendo
e, meio sem querer, disse a ele: - Pois é.
Empresário, hoje, tem que matar seu leão.
Você deveria mesmo era cuidar dele.

Fiquei surpreso com a resposta e ele
provavelmente deve ter notado minha
surpresa, pois me disse:
- Deixe-me contar uma história que
quero compartilhar com você.
- Existe um ditado popular antigo que diz
que temos que "matar um leão por dia".
Por muitos anos eu acreditei nisso, e
acordava todos os dias querendo encontrar
o tal leão.

A vida foi passando e muitas vezes me vi
repetindo essa frase.
Quando cheguei aos 50 anos, meus negócios
já tinham crescido e precisava trabalhar um
pouco menos, mas sempre me lembrava do
tal leão. Afinal, quem não se preocupa quando,
tem que matar um deles por dia?

Pois bem. Cheguei aos meus 60 anos e decidi
que era hora de meus filhos começarem a
tocar a firma. Mas qual não foi minha surpresa
ao ver que nenhum dos três estava preparado!

A cada desafio que enfrentavam, parecia que
iam desmoronar emocionalmente. Para minha
tristeza tive de voltar à frente dos negócios, até
conseguir encontrar alguém, que hoje é nosso
diretor-geral.

Este "fracasso" me fez pensar muito.
O que fiz de errado no meu plano de sucessão?
Hoje, do alto dos meus quase 70 anos, eu tenho
uma suspeita: a culpa foi do leão.

Novamente, eu fiz cara de surpreso.
O que o leão tinha a ver com a história?

Ele, olhando para o horizonte, como que
tentando buscar um passado distante,
me disse: - É. Pode ser que a culpa não
seja cem por cento do leão, mas fica mais
fácil justificar dessa forma. Porque, desde
quando meus filhos eram pequenos, dei
tudo para eles.

Uma educação excelente, oportunidades
de morar no exterior, estágio em empresas
de amigos.

Mas, ao dar tudo a eles, esqueci de dar um
leão para cada, que era o mais importante.

Meu jovem, aprendi que somos o resultado
de nossos desafios.
Com grandes desafios, nos tornamos grandes.
Com pequenos desafios, nos tornamos pequenos.

Aprendi que, quanto mais bravo o leão, mais
gratos temos que ser.
Por isso, aprendi a não só respeitar o leão, mas
a admirá-lo e a gostar dele.

A metáfora é importante, mas errônea: não
devemos matar um leão por dia, mas sim
cuidar do nosso.
Porque o dia em que o leão, em nossas vidas
morre, começamos a morrer junto com ele.

Depois daquele dia, decidi aprender a amar
o meu leão.
E o que eram desafios se tornaram oportunidades
para crescer, ser mais forte, e "me virar" nesta
selva em que vivemos.

Portanto, não matem um leão por dia, mas
sim aprenda a amar o seu.
A capacidade de luta que há em você, precisa
de adversidades para revelar-se.


(Pierre Schermann).


Fonte da imagem:

http://www.google.com.br



"NÃO HÁ BENÇÃO MAIOR DO QUE SUA EXISTÊNCIA"

24 comentários:

Edna Lima disse...

Que texto mais lindo verdadeiro.
É isto que falta aos jovens de hoje.
Estou com pressa, meu leão está esperando.
Tenha um belo dia . bjs. Edna.

Cristiane Félix disse...

Que lindo o texto.
Com certeza vou começar a
cuidar do meu leão.
Boa semana.
Cris

isa disse...

Minha querida Ana,como gostei do texto!
Como ele está a condizer com o momento que atravesso.
Beijo.
isa.

Sotnas disse...

Olá Ana, que tudo permaneça bem contigo!

Creio que seja deveras acertado este pensamento, pois de onde sempre se tira, um dia haverá de faltar. Com todos matando seus leões todos os dias não pode sobrar leão para o futuro! E sem leão pra preocupar...
Cada qual há de saber preservar seu leão, domado o suficiente para que continue existindo!

Belo e interessante texto, aliás é sempre agradável estar por aqui pois as postagens são sempre as melhores escolhas!

Agradeço tuas visitas e comentários sempre tão gentis e carinhosos, e desejo a você e todos ao redor intenso viver feliz, abraços e até mais!

Sonia Pallone disse...

Bom estar aqui novamente querida Ana, sentindo o gostinho bom das suas postagens. Tenha uma linda semana.

Srta* G disse...

Olá comecei um blog há pouco e gostaria de sua visita (se posível)
Sigo-te

Amei teu cantinhho

:)

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

texto excelente para refletirmos se não estamos errando a dar tudo sem medidas a nossos filhos,ao invés de ensina-los a ganhar com o próprio suor!
beijo

Mylla Galvão disse...

Amiga!
Qto tempo não a visito...
Mas sabe? Está me faltando tempo para blogar até!
Que texto maravilhoso e sábio!
A gente pensa em matar, quando é preciso cuidar!

Saudades de vc!

Tenha uma semana cheia de luz!

bjo no core!

Martinha disse...

Não conhecia essa metáfora, mas realmente é bem certeira. :)
Beijo *

Lis disse...

Oi Ana
Bela metáfora enfrentar a vida - não "matando um leao por dia" ,mas cuidando do nosso que nos amedronta tantas vezes até que o transformemos num gatinho rs
saudade de voce
estou muito gripada e passando por poucos blogs esses ultimos dias.
muitos abraços e boa semana

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Ana.
Voltei. Obrigado pelo carinho de sempre.
Bjux

pensandoemfamilia disse...

Olá adorei
Estou com grande desafio e portanto cuidarei bem do meu leão para que ele se mantenha forte e dible as mudanças de rota que nos surgem
bjs
Há muito que não passo por aqui...
bjs

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Ana!

Um belo texto pleno de ensinamento!!

Amemos nosso leão e ele jamais nos surpeenderá!!

Um beijo!

Sonia Regina

lucidreira disse...

Uma sábia colocação desse seu amigo, e se cuidarmos dos nossos leões com carinho e dedicação não iremos sofrer decepções futuras.
Muito bom mesmo.
Abraço

valquiria silveira disse...

Boaa noitee...Não permita que alguém venha lhe roubar os seus sonhos.Este mundo está repleto de pessoas que terão um imenso prazer de lhe falar que os seus sonhos nunca poderão se concretizar.Elas irão lhe zombar porque você tem demonstrado uma ousadia e determinação de sonhar grandes sonhos. As pessoas poderão questionar a sua insanidade mental simplesmente porque você está determinado a alcançar os seus alvos. Não ignore essas pessoas, mas – decididamente – ignore as convicções delas.Lute pelos seus sonhos!!! e vença … e seja feliz!
Deus lhe abençoe muito neste dia!Uma semana lindaaa com muita paz bj!

Viviana disse...

Querida Ana Linda

Nãoconhecia este texto.

É muito interessante.

Gostei muito de o ler e reflectir sobre ele.
Obrigada por a partilha.
Beijos

Viviana

Valquíria disse...

Lindo. obrigada mesmo pela partilha. uma aula de viver. abraço

Toninhobira disse...

Uma bela mensagem para uma reflexão sobre os rumos da educação e da preparação do homem.É preciso rever todo o processo enquanto o Leão ainda esta vivo e rugindo nas mentes em formação.Um abraço amiga.
Bju de luz nos seus dias.

Fatima disse...

Grande escolha minha amiga!
bjs.

Khalit Sabanur disse...

Belíssimo e verdadeiro texto...felizmente, aprendi cedo a cuidar do meu leão , sempre o tive como um aliado e não um inimigo rs
Além disso, é pura sapiência entender pelas entrelinhas,que em qualquer momento ou segmento da vida, o quão maior é o valor "cuidar" , do que matar.


Beijo, menina

Srtª Flor de lis disse...

Perfeito, adimiravelmente perfeita metáfora!
Realmente "Com grandes desafios, nos tornamos grandes.
Com pequenos desafios, nos tornamos pequenos."
E é mais ou menos assim mesmo, minha avó sempre dizia que aprendemos com as dificuldades!

http://flordelis02.blogspot.com

vinicius. C disse...

Olá!! Perfeito o texto!

Vou dar mais atenção ao meu leão.

Um beijo enorme e uma ótima tarde!Estou esperando por vc no Alma!

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Ana!

As facilidades da vida tornam-nos mais fracos, as dificuldades moldam os que acabam mais fortes.
Querer tudo dar sem nada exigir em troca por parte de quem recebe, é receita para o desastre ...
O texto é muito pertinente em relação aos tempos que correm; bela escolha.

beijinhos.
Vitor

Suely - HD disse...

Olá Querida Ana,

É bom ler seus textos.

beijos
Suely