domingo, 14 de dezembro de 2008

IRMÃOS QUE JAMAIS VEREI.

Tenho irmãos que moram longe!

Nunca verei a expressão de seus olhos,
assim como eles jamais focarão em mim os seus
olhares.

Nunca sentirei o calor de seus abraços,
nunca apertaremos nossas mãos, nunca
enlaçaremos nossos braços.

Nunca sentaremos num barzinho
pra jogar conversa fora.

Jamais faremos caminhadas
pelas mesmas trilhas.

Nunca tocarei nem cantarei para eles,
assim como jamais os ouvirei tocando ou cantando
para mim.

Nunca deitaremos nossas cartas
na mesa e nem falaremos
das penosas cartas que a vida
nos fez ocultar nas mangas.

Nunca eles saberão de fato
como é o meu cotidiano
e nem eu saberei como eles são
no seu dia-a-dia.

Nunca riremos juntos por qualquer pequena ou
grande alegria,
nem estaremos juntos nas horas das nossas crises,
angústias ou agonias.

Sei que existem, que me amam
e sentem a minha falta.
Sei que eu os amo tanto,
que neles me diluo!

Eu os vejo todos os dias numa pequenina tela de
ilusão:
frágeis e irisadas libélulas
que cá chegam nas asas
de uma canção, prosa ou poema.
(...) enquanto eu os alcanço
todos os dias levando-lhes
um tantinho do meu amor
em meio às minhas sublimadas
e subliminares mensagens
que tomam forma de tudo,
mas redundam sempre na
mesma - e tão antiga - cantilena.


(Fátima Irene Pinto).

30 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Ana, belíssimo texto que tocou o meu coração... Boa Noite Amiga!...
Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

RosanaK disse...

Tenho irmãos que moram longe, aliás, sou a irmã que está longe...meio triste sim!
bjs

Isa disse...

Ana,sintonia entre AMIGOS!!
Lindo. Sério!Estava "preocupada" e
ainda ñ passou.Amanhã a Guida é operada depois das 14h de Lisboa.
Irei lá estar c/a nossa irmã + nova.Ainda bem k entendes.Sou mt.
ligada às pessoas!Preciso de dizer isso.Preciso k saibam. :)
Beijinhoo,linda.
Obrigada por estares aí,comigo,tb.
isa.

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Eu tenho vários desses irmãos... E ainda que não nos vejamos, nos sentimos e amamos, que é o mais importante!
Obrigada pelo selo e pelo carinho!
beijos e borboleteios

O QUATORZE disse...

Olá. Boa noite
Um texto saudoso e tocante.

A saudade é um sentimento que nos alegra por nos dar a certeza que temos pessoas importantes no nosso convívio e também nos entristece, por lembrar que essas pessoas estão distantes.

Lmebre-se sempre dos mometos felizes.
Amizade
LUIS 14

Alice disse...

Lindo texto !! lindíssimo !


mil bjus pra vc e uma linda semana

Ana Martins disse...

Um lindo poema dedicado aos amigos virtuais.

Adorei!

Beijinhos

Sininho disse...

Oh seria tao triste eu nao ver mais mais meus irmaos!!!

Doce Beijo*

Luciana disse...

Tudo bem sim minha irmã,e com vc?
Passei o fim de semana me fazendo de forte,e assim vou continuar!
Bjos

FRAN "O Samurai" disse...

Oi Ana!

Este texto realmente me emociona, pois tenho parentes meus que nunca vi em minha vida! Pois moram longe e nunca tenho oportunidade de vê-los.

Tem também minha avó por parte do meu pai, que hoje já está bem velhinha e por causa de algumas doenças está praticamente cega e mesmo que um dia eu possa viajar para vê-la, ela nunca poderá me ver, apenas sentir minha presença!

A distância é um fator importante...

Coisas da vida!

Luciana disse...

Oi Amiga, esse filme é muito legal por que a melhor amiga dele parece um homem mas na verdade ela é apaixonada por ele, adoro esse filme, como eu tinha tv por assinatura eu assistia muito esses tipos de filmes sessão da tarde rsrsrs.
Hoje eu assisti 007- Casino Royale não sou muito de filmes de James Bond, mas como a minha irmã estava precisando de uma força eu acabei assistindo com ela.

Bjs e uma ótima semana.

Anita disse...

Celebrar o Natal é crer na força do Amor, é isto que transforma o homem e o mundo...
Que a mensagem de fé e esperança do Natal renove nossas forças para continuarmos lutando no Ano Novo que se anuncia!

Beijos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Ana Baldner disse...

Obrigada pelo selinho...

bjs

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Ana querida...
Não tenho irmãos...
Não sei o que é mais triste!
Mas tenho amigos-irmãos, e acho que é a mesma coisa, ou não? Nunca saberei...
beijo e ótima semana

Déia Arakaki disse...

Bom dia Aninha!!

Á distancia é tão ruim...
Graças a Deus todos que amo estão relativamente perto de mim!!
Agora á sim os maravilhosas amigos Virtuais que assim como o texto descreve perfeitamente pode ser que á distancia nunca nos faça diretamente estarmos perto físicamente dizendo.
Mas penso assim:

Distante dos olhos mais sempre perto do meu coraçao!!

Linda semana minha flor

Claudia Goulart disse...

Olá Ana,
Tenho estado muito ocupada e com pouco tempo pra visitar meus amigos blogueiros.
Obrigada pelo selinho e pelo carinho.
Espero poder vir aqui como antes.
bjs

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

IRMÃOS= Laços, vínculos de sangue ou de afeto...Eu tive irmãos que faleceram antes que os conhecesse, bebês e até fetos abortados, mas...ERAM IRMÃOS!
A própria Humanidade não seria formada por Irmãos?
No dia em que reconhecermos essa Verdade Maior, aí, sim, teremos dado um passo mais importante que chegar à lua!
Uma boa tarde, Irmã Ana!Bjs

.: Phoenix :. disse...

Lindo texto, Ana!
Acredito que todos possuem irmãos de sangue e de alma que infelizmente não poderemos encontrar, beijar, abraçar, mas estes continuam fazendo parte de nossa história, mesmo que distantes.
Beijos, linda.

Monique Lôbo disse...

Oi Aninha que texto lindo!!!
Mas olha, vou te dar um abraço bem apertado, ta sentindo!!!!

Bjãoo amiga virtual!!!!

Lucí disse...

Ola amiga..Ana..

É assim mesmo, muitos desses "amigos" muitas vezes são mais úteis do que a nossa própria familia..

Bjos linda, boa semana!

Apenas eu disse...

Olá Ana!
Não me vês mas eu estou aqui.
Deixo-te um sorriso.
(tenho andado um pouco afastada, mt trabalho)

beijos e tudo de bom

rosa dourada/ondina azul disse...

Escrita que emana muita ternura.

Mesmo à distância se pode comunicar...:)

Beijinho,

Moni disse...

olá Ana... sabe que eu também tenho irmão assim? e eu amo! beijos

Theresinha Coelho disse...

Ola querida amiga distante...
Nunca diga nunca, aprendi a não creditar nesta palavra, pois um dia o amor se apresentou a mim assim como nossa amizade, em uma telinha fria e muito distante.
Acreditei que as distancias poderiam ser vencidas e que um dia estariamos sentindo o calor de verdade, e a esperança foi tão forte, que atravessei um oceano,
e mais ainda transpus todas as barreiras que nos separavam , tudo por um terno abraço,
E assim aprendi que nada é impossivel, nem aquela cervejinha no barzinho quem sabe um dia, depois de caminhar na praia..
Depois de feita uma amizade, o coração jamais perde a esperança de um dia poder te abraçar e te dizer o quanto te adoro amiga...
Bjs com carinho da Thé

Vanessa. disse...

Belo texto. Tocou o coração!

Inês disse...

Oi, minha linda Ana!

Gostei do texto da Fátima Irene Pinto, ainda que eu ache a palavra "nunca" definitiva demais.
Há amigos que moram em estados e países diferentes dos nossos mas mesmo assim acredito na possibilidade de um encontro com aqueles que temos uma ligação afetiva. Ou você está achando que eu nunca lhe verei? rsrs...

Vim te deixar um beijo de boa noite e também pegar o meu selinho de amizade.

Beijos, minha linda flor.
Inês / DOIS RIOS

Inês disse...

Sim minha querida amiga, essa loura fatal aí da foto, sou eu mesma, rsrs...

Beijos,
Inês / DOIS RIOS

tossan disse...

Amigos longe, não sei se ainda os verei. Saudade! Bj

Jhacy disse...

Oi Ana Querida,
que texto mais lindo...
Me senti parte deste grupo de amigos,
Um grande beijo.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Ana!Não conheço também esses amigos com quem conversamos todos os dias,no entanto em certos aspectos eles me conhecem melhor do que aqueles com quem convivo fisicamente...

Lindo texto!

Um beijo,Sonia Regina.